Sarai

Tanimura Shinji

Original Tradução Original e tradução
Sarai

Tooi yume sute kirezu ni furusato wo suteta
Odayaka na haru no hizashi ga yureru chiisana eki
Wakare yori kanashimi yori akogare wa tsuyoku
Sabishisa to senaka awase no hitori kiri no tabidachi

Ugoki hajimeta kisha no madobe wo
Nagarete yuku keshiki dake wo jitto miteita
Sakura fubuki no sarai no sora wa
Kanashii hodo aoku sunde mune ga furueta

Koi wo shite koi ni yabure nemurezu ni sugosu
Apaato no mado garasu goshi miteta yozora no hoshi
Kono machi de yume ou nara mou sukoshi tsuyoku
Nara nakerya toki no nagare ni makete shimai sou de

Ugoki hajimeta asa no machikado
Hito no mure ni umore nagara sora wo miageta
Sakura fubuki no sarai no sora he
Nagarete yuku shiroi kumo ni mune ga furueta

Hanarereba hanareru hodo naosara ni tsunoru
Kono omoi wasurerarezu ni hiraku furui arubamu
Wakai hi no chichi to haha ni tsutsumarete sugita
Yawaraka na hibi no kurashi wo nazori nagara ikiru

Mabuta tojireba ukabu keshiki ga
Mayoi nagara itsuka kaeru ai no furusato
Sakura fubuki no sarai no sora he
Itsuka kaeru sono toki made yume wa sutenai

Mabuta tojireba ukabu keshiki ga
Mayoi nagara itsuka kaeru ai no furusato
Sakura fubuki no sarai no sora he
Itsuka kaeru itsuka kaeru kitto kaeru kara

Sarai

Incapaz de abandonar um sonho distante, acabei deixando minha terra natal
Uma pequena estação de trem onde batia o sol suave da primavera
Sentia minha ambição com muito mais intensidade que saudade ou tristeza
Carregando a solidão em minhas costas, parti sozinho em minha jornada

Olhando distraidamente a paisagem,
Vi pela janela do trem em movimento
Que o céu de Sarai repleto de flores de cerejeira
Era de um azul claro e melancólico, fazendo meu coração palpitar

Tendo amado e tendo sofrido as dores da paixão, passei várias noites sem dormir
Olhando o céu estrelado pela janela do meu apartamento
Se eu quiser realizar meu sonho nessa cidade precisarei ser mais forte
Do contrário, acabarei derrotado pela passagem do tempo

Pela manhã, em uma das esquinas dessa cidade
E soterrado pela multidão, olhei para cima e vi
Que no céu repleto de flores de cerejeira
Nuvens brancas passavam em direção a Sarai, fazendo meu coração palpitar

Cada separação se torna pior que a separação anterior
Incapaz de suportar essas dores, abri um álbum de fotos antigo
Lembrando da vida simples que tinha, rodeado pelos meus pais
Passando os dias despreocupadamente

Fechando os olhos, a paisagem que vejo
É minha amada terra natal, para onde um dia retornarei
E o céu de Sarai, repleto de flores de cerejeira
Um dia eu voltarei, mas até lá não desistirei do meu sonho

Fechando os olhos, a paisagem que vejo
É minha amada terra natal, para onde um dia retornarei
E o céu de Sarai, repleto de flores de cerejeira
Um dia eu voltarei, mas até lá não desistirei do meu sonho

Enviada por Julio e traduzida por cesar. Revisão por cesar.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Tanimura Shinji

Ver todas as músicas de Tanimura Shinji