Original Tradução Original e tradução
Opel

On a distant shore, miles from land
Stands the ebony totem in ebony sand
A dream in a mist of gray
On a far distant shore

The pebble that stood alone
And driftwood lies half buried
Warm shallow waters sweep shells
So the cockles shine

A bare winding carcass, stark
Shimmers as flies scoop up meat, an empty way
Dry tears
Crisp flax squeaks tall reeds
Make a circle of gray in a summer way, around man
Stood on ground

I'm trying
I'm trying to find you!
To find you
I'm living, I'm giving
To find you, to find you
I'm living, I'm living
I'm trying, I'm giving

Opel

Em uma praia distante, a quilômetros de terra
Ergue-se o totem negro, na areia negra
Um sonho em uma névoa de cinza
Em uma praia distante

O seixo que ficou sozinho
E troncos ficaram meio enterrados
Quentes águas rasas varrendo conchas
Assim, o molusco brilha

A carcaça nua sinuosa, rígida
Brilha como moscas cavam a carne, uma forma vazia
Lágrimas secas
Puro linho chiam nos juncos altos
Fazer um círculo de cinza de uma maneira de verão, em torno do homem
Estava em solo

Eu estou tentando
Eu estou tentando encontrar-te!
Para encontrar-te
Eu estou vivendo, eu estou dando
Para encontrar-te, encontrar-te
Eu estou vivendo, estou vivendo
Eu estou tentando, eu estou dando

Composição: Syd Barrett
Enviada por Danilo e traduzida por Darlã.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Syd Barrett

Ver todas as músicas de Syd Barrett