Lua

SóCiro

Três da madruga
Cê me segura
E jura que não quer que eu vá

Tento ir embora
Cê me enlouquece
Não consigo parar

Você ama eu sei
Você me chama
Chupa
Morde
Assopra
Bate
E ainda nem tiramos nada

O blues toca na sua caixinha
Entramos na música
Melodia de gemidos
Nega, tudo se encaixa

Nos encontramos em Vênus
Você o planeta e eu o efeito estufa
Esquento o teu corpo pra não te faltar nada
Nem percebi você me puxa

De volta pra terra
Nosso amor é de guerra
E peço que não fique calada

Pode gritar
Pode fazer festa
Que agora mesmo, eu nem tô pensando em nada

Lua vai e ilumina o teu próprio pensamento
Fala pra ele que é pra viver o momento
É o caminho do meio
Lua traz a calmaria que hoje eu acordei sem jeito
Eu tô saindo porque eu tô com pouco tempo
Mas eu volto pro teu peito

Você é minha Mia Wallace
Eu sou seu Vincet Vega
Você diz que eu sou lindo
Eu digo que cê é cega

Então nega vem vindo, sei do que gosta não nega
Nosso sexo é uma guerra voraz e eu não quero trégua

Eu sei o que te deixa louca
Deixo dormente sua boca
Sei que gosta da minha voz rouca
Tiro sua roupa logo de manhã
Vem ser minha Yansã

Vou diminuir sua chama
Te fazer vadia na cama
Eu sei que você ama
Puxões ao invés de carícias

Você se derrete em malícia
E a vizinha já até chamou a polícia
Incomodada com a nossa sinfonia
Mistura de Catra, Nirvana e Luiz Melodia


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de SóCiro

Ver todas as músicas de SóCiro