Neptune

Sleeping At Last

Original Tradução Original e tradução
Neptune

Pitch black, pale blue
It was a stained glass
Variation of the truth
And I felt empty handed

You let me set sail
With cheap wood
So I patched up
Every leak that I could
’Til the blame grew too heavy

Stitch by stitch I tear apart
If brokenness is a form of art
I must be a poster child prodigy
Thread by thread I come apart
If brokenness is a work of art
Surely this must be my masterpiece

I’m only honest when it rains
If I time it right, the thunder breaks
When I open my mouth
I want to tell you but I don’t know how

I’m only honest when it rains
An open book with a torn out page
And my ink’s run out
I want to love you but I don’t know how

I don’t know how
No I don’t know how
I don’t know how
I want to love you but I don’t know how

I want to love you

Pitch black, pale blue
These wild oceans
Shake what’s left of me loose
Just to hear me cry mercy

A strong wind at my back
So I lift up the only sail that I have
This tired white flag

I’m only honest when it rains
If I time it right, the thunder breaks
When I open my mouth
I want to tell you but I don’t know how

I’m only honest when it rains
An open book with a torn out page
And my ink’s run out
I want to love you but I don’t know how
I don’t know how, know how, know how
I want to love you but I don’t know how
I want to love you

Netuno

Escuridão absoluta, azul pálido
Havia uma variação vitral
Da verdade
E eu me senti de mãos vazias

Você me deixou velejar
Com madeira barata
Então eu remendei
Cada vazamento que eu pude
Até a culpa se tornar muito pesada

Ponto por ponto eu me rasgo
Se estar quebrado é uma forma de arte
Eu devo ser uma criança prodígio
Fio por fio eu me desfaço
Se estar arrasado é um trabalho artístico
Com certeza essa é minha obra prima

Só sou sincero quando chove
Se eu cronometrar certo, o trovão soa
Quando eu abro a boca
Eu quero te dizer, mas não sei como

Só sou sincero quando chove
Um livro aberto com uma página arrancada
E minhas tintas acabam
Eu quero te amar, mas não sei como

Eu não sei como
Não, eu não sei como
Eu não sei como
Eu quero te amar, mas não sei como

Eu quero te amar

Escuridão absoluta, azul pálido
Estes oceanos selvagens
Sacodem o que sobrou de mim
Só para me ouvir clamar por misericórdia

Um vento forte nas minhas costas
Então levantei a única vela que eu tenho
Esta cansada bandeira branca

Só sou sincero quando chove
Se eu cronometrar certo, o trovão soa
Quando eu abro a boca
Eu quero te dizer, mas não sei como

Só sou sincero quando chove
Um livro aberto com uma página arrancada
E minhas tintas acabam
Eu quero te amar, mas não sei como
Eu não sei como, sei como, sei como
Eu quero te amar, mas não sei como
Eu quero te amar

Enviada por Joao e traduzida por Alice. Legendado por Ranayna e Victoria. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Sleeping At Last

Ver todas as músicas de Sleeping At Last