Come To The Labyrinth

S.J.Tucker

Original Tradução Original e tradução
Come To The Labyrinth

Walk between the worlds, bravely down the candle road.
The light will lead you deep into your core.
Move into the center, add your sorrow to the coals
With incense rising, steady as a prayer.
Though the heart is heavy as the dance is burning down,
May you raise your eyes and never bow your head.
We are not alone.

It only takes the tiniest of fires sometimes
To light the way you knew was aways there.
In the heart of matters, it's the journey keeps us warm,
The lights that lead us where we are to go.
May you raise your eyes and know with every step:
We are not alone.

We are come to the labyrinth tonight,
Walking one by one.
In the dark of samhain, a riddle burning bright,
And candles waving down.

It only takes the tiniest of fires sometimes
To light the way you knew was always waiting for you there.
In the heart of matters, it's the journey keeps us warm
And the incense rising steady as a prayer
May you raise your eyes and never bow your head.

We are come to the labyrinth tonight,
Walking one by one.
In the dark of samhain, a riddle burning bright,
And candles waving down.
We are vessels of the highest love
In a lesson, burning bright, the lesson of our lives.
When all our sorrows cauldron into one,
Be reborn, this samhain night.

We are come to the labyrinth tonight,
Candles waving down.

Venha Para o Labirinto

Caminhe entre os mundos, bravamente pela estrada à vela.
A luz irá levá-lo profundamente em seu interior.
Vá para o centro, adicione seu sofrimento à chama
Com incenso queimando, firme como uma oração.
Embora o coração esteja pesado como a dança está queimando,
Que você possa levantar os olhos e nunca abaixar a cabeça.
Nós não estamos sozinhos.

Ela só tem a menor das chamas, por vezes,
Para iluminar o caminho que você sabia que estava sempre lá.
No coração da matéria, é a viagem que nos mantém quente,
As luzes que nos levam onde nós estamos indo.
Que você possa levantar os olhos e saber a cada passo:
Nós não estamos sozinhos.

Nós viemos hoje à noite ao labirinto,
Andando um por um.
Na escuridão de Samhain, um enigma ardendo,
E velas acenando para baixo

Ela só tem a menor das chamas, por vezes,
Para iluminar o caminho que você sabia que estava sempre esperando por você lá.
No coração da matéria, é a viagem que mantém nos aquecidos
E o incenso subindo firme como uma oração
Que você possa levantar os olhos e nunca abaixar a cabeça.

Nós viemos hoje à noite ao labirinto,
Andando um por um.
Na escuridão de Samhain, um enigma ardendo,
E velas acenando para baixo.
Nós somos receptáculos de maior amor
Em uma lição, queima intensamente, a lição de nossas vidas.
Quando todas as nossas tristezas em um caldeirão,
Renascerá, nesta noite de Samhain.

Nós viemos hoje à noite ao labirinto,
Velas acenando para baixo.

Enviada por Caíque e traduzida por James. Legendado por Débora.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog