Clandestino (part. Maluma)

Shakira

Original Tradução Original e tradução
Clandestino (part. Maluma)

(More fire)

Sabes que no nos conviene
Que la gente sepa lo que ambos tenemos
Que comemos de una fruta prohibida
Nos encanta y lo sabemos

Yo no necesito a ningún otro Don Juan
Que me abra la puerta cuando llego a un restaurant
En San Valentín, no necesito más flores
Tú calla'íto, pa' evitar todos los rumores

Lo nuestro es ilegal y no te voy a negar
Que yo pago la condena por besarte
Sé que a ti te pasa igual y no me puedes negar
Yo ya cometí el error de enamorarme (yeh, yeh)

Yo vine a verte, a entretenerme
Y me robaste un beso, que aún no piensas devolverme
Me sentía volando, me iba escapando
Cuando menos pensaba, ya me estabas abrazando

Y sigue así, no pares ya
Te has convertido en una enfermedad
Y sigue así, así, no más
Que mientras más te acercas, más aumentas mi ansiedad

(More fire)

Clan-clan-clandestino
Así mismo lo quiso el destino
No busques problemas donde no los hay
Los hay, los hay

Clan-clan-clandestino
No te olvides que somos amigos
Yo busco problemas donde no los hay
Los hay, los hay

(Uoh)
(Yeh)
(Uoh) yo busco problemas donde no los hay
Los hay, los hay

(Dile)

Dime, ma'i
Porque ya no entiendo la necesidad
De vernos a solas y matarnos en la oscuridad
Tú te vas, y mi cuerpo aquí sigue pidiendo más

Tú sigue con esa actitud
Cuando se apaga la luz
Tú te vuelves loca
Con par de besitos en la boca

Lo nuestro es ilegal y no te voy a negar
Que yo pago la condena por besarte
Sé que a ti te pasa igual y no me puedes negar
Yo ya cometí el error de enamorarme

Yo vine a verte, a entretenerme
Y me robaste un beso, que aún no piensas devolverme
Me sentía volando, me iba escapando
Cuando menos pensaba, ya me estabas abrazando

Y sigue así, no pares ya
Te has convertido en una enfermedad
Y sigue así, así, no más
Que mientras más te acercas, más aumentas mi ansiedad

(More fire)

Clan-clan-clandestino
Así mismo lo quiso el destino
No busques problemas donde no los hay
Los hay, los hay

Clan-clan-clandestino
No te olvides que somos amigos
Yo busco problemas donde no los hay
Los hay, los hay

(Uoh)
(Yeh)
(Uoh) yo busco problemas donde no los hay
Los hay, los hay

(Dile)

Clan-clan-clandestino
Así mismo lo quiso el destino
No busques problemas donde no los hay
Los hay, los hay

Clan-clan-clandestino
No te olvides que somos amigos
Yo busco problemas donde no los hay
Los hay, los hay

Clandestino (part. Maluma)

(Mais fogo)

Você sabe que não é bom pra gente
Que os outros saibam o que nós temos
Porque estamos comendo uma fruta proibida
A gente ama e sabe disso

Eu não preciso de nenhum outro galanteador
Para abrir a porta do carro pra mim quando chego em um restaurante
No dia dos namorados, não preciso de mais flores
Fica caladinho, para evitar todos os boatos

O que a gente tem é ilegal e eu não vou te negar
Que eu carrego a culpa por te beijar
Sei que o mesmo acontece com você e você não pode me negar
Eu já cometi o erro de me apaixonar (iê, iê)

Eu vim para te ver, para me divertir
E você me roubou um beijo, que ainda não quer me devolver
Eu me sentia livre, estava escapando
Quando menos esperava, você já estava me abraçando

Continue assim, não pare agora
Você virou uma doença
Continue assim, desse jeitinho
Pois quanto mais você se aproxima, mais eleva minha ansiedade

(Mais fogo)

Clan-clan-clandestino
O destino quis que fosse assim
Não procure problemas onde não tem
Tem, tem

Clan-clan-clandestino
Não se esqueça que somos só amigos
Eu procuro problemas onde não tem
Tem, tem

(Uô)
(Iê)
(Uô) eu procuro problemas onde não tem
Tem, tem

(Diz aí)

Me diz, gata
Porque eu já não entendo a necessidade
De nos encontrar a sós e matar nossa vontade em segredo
Você vai embora, e o meu corpo continua pedindo mais

Continue assim, desse jeito
Quando a luz apaga
Você fica louca
Com os beijinhos na boca

O que a gente tem é ilegal e eu não vou te negar
Que eu carrego a culpa por te beijar
Sei que o mesmo acontece com você e você não pode me negar
Eu já cometi o erro de me apaixonar

Eu vim para te ver, para me divertir
E você me roubou um beijo, que ainda não quer me devolver
Eu me sentia livre, estava escapando
Quando menos esperava, você já estava me abraçando

Continue assim, não pare agora
Você virou uma doença
Continue assim, desse jeitinho
Pois quanto mais você se aproxima, mais eleva minha ansiedade

(Mais fogo)

Clan-clan-clandestino
O destino quis que fosse assim
Não procure problemas onde não tem
Tem, tem

Clan-clan-clandestino
Não se esqueça que somos só amigos
Eu procuro problemas onde não tem
Tem, tem

(Uô)
(Iê)
(Uô) eu procuro problemas onde não tem
Tem, tem

(Diz aí)

Clan-clan-clandestino
O destino quis que fosse assim
Não procure problemas onde não tem
Tem, tem

Clan-clan-clandestino
Não se esqueça que somos só amigos
Eu procuro problemas onde não tem
Tem, tem

Composição: Shakira / Maluma / Edgar Barrera
Enviada por Bardigang e traduzida por Madelene. Legendado por Madelene. Revisão por JUHH.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog