The King In The North

Seven Kingdoms

Original Tradução Original e tradução
The King In The North

The eldest son of the stark
Rides now to a wedding day
Against the tugging of his heart
To fulfill the oath he had betrayed

For the north, for this war, for his quest
To brings his family
For all the men who have died
And all now at his side
He'll brave the storm and smallow his pride

The ladys asks for the wine
She'll not take a chance on her eldest son's life
Her sons are now lost
The old lord said
"I'll give you what is mine"
And then edmure took vows with his wife

So the crossbow rang out, piercing flesh
"No!" the mother cried
"Mercy! Mercy! mercy for my son!"
Vengeance takes us all

Across the world the ravens take to wing
(Dark wings brings dark words)
Spreading the word, the bloody death of a king
(The king in the north)
This blasphemy, is it real or just a dream?
(The crowning of the wolf)
The bards shall sing tale of the red wedding

The future of the seven kingdoms
Depends on this wedding day
Something devious beats within drums
In the great hall of lord walder frey
The lady takes life for life
Spilling blood from the boy's neck
The old lord cares not
In madness she gouges out her eyes
Before cold steel cuts and blood stains her dress

So the crossbows rang out, piercing flesh
"No!" the mother cried
"Mercy! Mercy! mercy for my son!"
Vengeance takes us all

But now the rains weep o'er his hall
With no one there to hear
Yes now the rains weeps o'er his hall
And not a soul to hear
And not a soul to hear...

O Rei No Norte

O filho mais velho dos Stark
Cavalga agora a um dia do casamento
Contra o puxão de seu coração
Para cumprir o juramento que tinha traído

Para o Norte, para esta guerra, por sua missão
Para trazer sua família
Para todos os homens que morreram
E agora tudo ao seu lado
Ele vai enfrentar a tempestade e engolir seu orgulho

As senhoras pedem por vinho
Ela não vai ter uma chance na vida de seu filho mais velho
Seus filhos estão perdidos
O velho senhor disse
"Eu te darei o que é meu"
E então Edmure tomou os votos com sua esposa

Então a besta soou, perfurando a carne
"Não!" exclamou a mãe
"Misericórdia! Misericórdia! Misericórdia para o meu filho!"
Vingança tudo nos leva

Através do mundo os corvos levam voando
(Asas escuras trazem palavras escuras)
Espalhando a palavra, a morte sangrenta de um rei
(O rei no norte)
Esta blasfêmia, é real ou apenas um sonho?
(O coroamento do lobo)
Os bardos cantarão o conto do Casamento Vermelho

O futuro dos Sete Reinos
Depende deste dia do casamento
Algo batidas tortuosas dentro de baterias
No grande salão de Lorde Walder Frey
A senhora leva a vida pela vida
Derramando o sangue do pescoço do menino
O velho senhor não se importa
Na loucura, ela arranca os olhos dela
Antes do corte do aço frio e das manchas de sangue no vestido

Então as bestas soaram, perfurando a carne
"Não!" exclamou a mãe
"Misericórdia! Misericórdia! Misericórdia para o meu filho!"
Vingança tudo nos leva

Mas agora a chuva chora sobre seu salão
Sem ninguém lá para ouvir
Sim, agora as chuvas choram sobre seu salão
E nem uma alma para ouvir
E nem uma alma para ouvir...

Enviada por Isaque e traduzida por Isaque. Revisão por Ana.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog