Vou me abrigar na geladeira
Não pra fugir do calor
Pra conservar teu abraço em mim
Meu amor
Não derreteu, não derreteu

Vou te esperar adormecido
Minha saudade congela
A ponta da tua língua
De você o gelo
Me derreteu, me derreteu

As lágrimas congelando
Descem
Formando estalactites
Tento
Lembrar o quanto que queima
Aquece
Meu corpo quando te sinto dentro

Vou me abrigar na geladeira
Não pra fugir do calor
Pra conservar teu abraço em mim
Meu amor
Não derreteu, não derreteu

Vou te esperar adormecido
Minha saudade congela
A ponta da tua língua
De você o gelo
Me derreteu, me derreteu

As lágrimas congelando
Descem
Formando estalactites
Tento
Lembrar o quanto que queima
Aquece
Meu corpo quando te sinto dentro

Composição: Jonathas Pereira Falcão
Enviada por Dérick.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Seu Pereira e Coletivo 401

Ver todas as músicas de Seu Pereira e Coletivo 401