Lástima de Tanto Amor

Sergio Vargas

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Lástima de Tanto Amor

Te vas sin decirme nada
Y vuelves si te da la gana
Buscando un abrazo
Dándote el gustazo
De ser la que manda.

Si acaso decidí ignorarte,
Me hablan de ti en todas partes
Yo no puedo olvidarte
Maldito querer.

Mejor hubiera sido no verte,
Por eso maldigo mi suerte
No quiero quererte
Perfiero vivir en soledad.

Coro:
Lástima de tanto amor que he desperdiciado,
Tantas lágrimas que he derramado,
Tantas noches soñando con ella.
Y lo malo, que la sigo queriendo igual que antes,
Sigo viendo su mirada por todas partes,
Mi pobre corazón tanto amor no resistirá.
(Bis)

Estoy repasando mi vida,
Queriendo encontrar la salida de tantas mentiras
Que tú te inventabas.

Prefiero mejor no acordarme,
Hasta tu disgusto me diste, lo mala que fuiste
Y yo te quería.

Parece una radio novela
De las que hacen llorar las solteras
Maldita mujer yo ya no me vuelvo a enamorar.

Coro:
Lástima de tanto amor que he desperdiciado,
Tantas lágrimas que he derramado,
Tantas noches soñando con ella.
Y lo malo, que la sigo queriendo igual que antes,
Sigo viendo su mirada por todas partes,
Mi pobre corazón tanto amor no resistirá.
(Bis)

Pena Tanto Amor

Você vai sem me dizer
E mais uma vez, se você sentir como ele
À procura de um abraço
Dando-lhe o prazer
Se o chefe.

Se, talvez, decidiu ignorar,
Eu falo sobre você em todos os lugares
Eu não posso esquecer
Falta Maldito.

Tinha sido melhor não vê-lo,
Então eu amaldiçoar a minha sorte
Eu não quero te amar
Perfiero viver na solidão.

Refrão:
Que pena tanto amor que eu perdi,
Tantas lágrimas que derramaram,
Tantas noites sonhando com ela.
E o mal que ainda amo como antes,
Eu continuo vendo seus olhos em todos os lugares
Meu pobre coração não vai ficar muito amor.
(Bis)

Estou revendo minha vida,
Querendo descobrir tantas mentiras
Inventabas você gosta.

Prefere não se lembrar melhor,
Para sua consternação que você me deu, o quão ruim você estava
E eu amei.

Parece um drama de rádio
Dos que pranteiam único
Maldita mulher e não me amar de volta.

Refrão:
Que pena tanto amor que eu perdi,
Tantas lágrimas que derramaram,
Tantas noites sonhando com ela.
E o mal que ainda amo como antes,
Eu continuo vendo seus olhos em todos os lugares
Meu pobre coração não vai ficar muito amor.
(Bis)

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Sergio Vargas

Ver todas as músicas de Sergio Vargas