Medley

Sarah Farias

Foram noites intermináveis, eu só chorava
Bem no auge da minha dor, nada me consolava
Mas eu sobrevivi como a águia solitária
E a sorte, de novo, sorriu pra mim
Deus me escondeu bem debaixo de suas asas
Nenhuma peste me matou
Nenhuma flecha me atingiu
Eu aprendi a ganhar perdendo
Aprendi a subir descendo
Doeu, doeu, mas eu cresci
E cresci diminuindo
Apareci desaparecendo
E o poder de Deus na minha fraqueza
Se aperfeiçoou
Tem coisa boa chegando
Tem algo acontecendo
E não importa o que eu sofri
O que importa é que eu sobrevivi
Tem coisa boa chegando
Tem algo acontecendo
E não importa o que eu sofri
O que importa é que eu sobrevivi

Cada vale que eu atravessei
Cada deserto que eu sobrevivi
Trouxe um bem pra mim
Olhando de fora ninguém ia ver
Mas com o tempo deu para perceber
Minha raiz cresceu
E os ventos sopraram cada vez mais fortes
E ainda sim, eu prevaleci
Só quem tem raiz
Suporta o que eu suportei
Só quem tem raiz
Aguenta chorar o que eu chorei
E ainda adorar
Como se nada tivesse acontecido
E ainda adorar, adorar
Até o dia raiar
Até o dia raiar

Eu não vim aqui pedir mais um milagre
Eu não vim aqui apenas de passagem
Hoje eu vim aqui pra Te servir melhor
Eu não vim aqui pedir mais um milagre
Eu não vim aqui apenas de passagem
Hoje eu vim aqui pra Te servir melhor
Renovo, o que eu quero é renovo
Pra Te sentir de novo, de novo
Renovo, o que eu quero é renovo
Pra ter um brilho no rosto, de novo

Mais perto quero estar
Meu Deus de Ti
Inda que seja a dor
Que me una a Ti
Sempre ei de suplicar
Mais perto eu quero estar
Mais perto eu quero estar meu Deus de Ti

O meu olho brilha quando eu falo em Ti
O meu olho brilha quando eu penso em Ti
Só em saber que o Senhor curou, que o Senhor salvou eu fico feliz
O meu olho brilha quando eu falo em Ti
O meu olho brilha quando eu penso em Ti
Só em saber que o Senhor curou, que o Senhor salvou, e restaurou eu fico mais feliz


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Sarah Farias

Ver todas as músicas de Sarah Farias