Pra Poucos

Santa Morte Hardcore

Não adianta estar junto de milhões
Se todos eles querem te trair
Prefiro sempre estar ao lado de poucos
Que dariam suas vidas por mim

Eu já cansei de do seu mundo de aparência
Que fala mal dos outros pelas costas
Da sujeira social, decadência
Desse seu sorriso falso de bosta

É muito fácil encontrar
Quem queira dividir alegria
Difícil é fazer aliados
Lado a lado, na correria

Eu não preciso de mais ninguém por mim
Além dos poucos que estão do meu lado
Suas escolhas mostram quem você é
Respeitar, pra ser respeitado

Hoje eu sei em quem posso confiar
Quem não me julga pela roupa que visto
Que da espaço pra eu poder me expressar
Independente do que eu acredito

É muito fácil encontrar
Quem queira dividir alegria
Difícil é fazer aliados
Lado a lado, na correria

Desacreditado, forjado, taxado de errado
Jogado pro lado, mal visto, mal interpretado
Sem paciência pra quem vive de aparência
Não se segure em mim quando chegar sua decadência
Seu pano, seu visu, não te tornam melhor
No final das contas, viemos, e vamos ao pó
Escolha a sua verdade, a minha é uma só
Ter meus aliados do lado, bem acompanhando
Ao cair de cada gota de suor


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Santa Morte Hardcore

Ver todas as músicas de Santa Morte Hardcore