Lembranças da Cruz

Sandra Pires

Quando me lembro das recordações
Como em um filme de amor
Sinto em mim uma grande emoção
Olhando na cruz
Meu mestre Jesus
Cravado pelos pés e mãos
Pedindo a Deus perdão
Pra quem o condenou

Mas quando me lembro das recordações
Como em um filme de amor
Sinto em mim uma grande emoção
Olhando na cruz
Meu mestre Jesus
Cravado pelos pés e mãos
Pedindo a Deus perdão
Pra quem O condenou
O maltratou, crucificou

Quem é que pode ser tão puro como Ele
Que deu amor mesmo
A quem Lhe causou dor
E ao perdido deu saída
Fez a morte virar vida
Ele fez e ainda faz só por amor!

Quando me lembro das recordações
Como em um filme de amor
Sinto em mim uma grande emoção
Olhando na cruz
Meu mestre Jesus
Cravado pelos pés e mãos
Pedindo a Deus perdão
Pra quem o condenou
O maltratou, crucificou

Quem é que pode ser tão puro como Ele
Que deu amor mesmo
A quem Lhe causou dor
E ao perdido dá saída
Faz a morte virar vida
Ele ainda faz por amor!

Quem é que pode ser tão puro como Ele
Que deu amor mesmo
A quem Lhe causou dor
E ao perdido dá saída
Faz a morte virar vida
Ele fez, Ele ainda faz só por amor

Composição: Jeanne Mascarenhas
Enviada por Rafael. Revisão por Kézia.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog