Cold Roses

Ryan Adams

Original Tradução Original e tradução
Cold Roses

The mirrors in the room go black and blue
On a Sunday morning in her Saturday shoes
We don't choose who we love
We don't choose

The lights over the Midway melt on the street
In a Sunday shoes, with her Saturday feet
She don't love who he choose
She don't need what she use

Daylight comes and exposes
Saturday's bruises and cold roses
Cold roses

Nothing but the sunlight will help you grow
From underneath your bed you can't see the window
We don't choose what we see
We don't choose

Fortunate and angry just like a child
All that money buys you medicine but can't buy you time
We don't choose what we love
And she don't need what she got

Daylight comes and exposes
Saturday's bruises and cold roses
Cold roses

Cold roses
Cold roses
Cold roses

Rosas Frias

Os espelhos na sala ficam preto e azul
Na manhã de domingo nos sapatos dela de sábado
Nós não escolhemos quem nós amamos
Nós não escolhemos

As luzes sobre a Midway derretem na rua
Em um sapato de domingo, com os pés dela de sábado
Ela não ama quem ele escolheu
Ela não precisa do que ela usa

A luz do dia vem e expoe
Contusões de sábado e rosas frias
Rosas frias

Nada além da luz do sol te ajudará a crescer
Debaixo da sua cama você não pode ver a janela
Nós não escolhemos o que vemos
Nós não escolhemos

Felizes e com raiva como uma criança
Todo aquele dinheiro compra seus medicamentos mas não podem comprar seu tempo
Nós não escolhemos o que nós amamos
E ela não escolhe precisar do que ela tem

A luz do dia vem e expoe
Contusões de sábado e rosas frias
Rosas frias

Rosas frias
Rosas frias
Rosas frias

Composição: Brad Pemberton / Catherine Popper / Cindy Cashdollar / J.P. Bowersock / Ryan Adams
Enviada por João e traduzida por Pati.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Ryan Adams

Ver todas as músicas de Ryan Adams