Roda Gigante

Rosa de Saron

Sinto um cansaço que me tira a paz
Finjo e disfarço, mas não agüento mais
Medos e angústias se sobressaem
Sinto sua falta, as minhas lágrimas caem

Com você eu descobri o meu melhor
Vi que havia muito mais ao meu redor
Sem você há um vazio bem maior
Onde perco o rumo numa estrada bem pior

Fui preso numa roda gigante
Que insiste em rodar
Me consumindo a todo instante
Preciso me libertar

Vejo o tempo escorrendo pelas minhas mãos
Não consigo dar descanso pro meu coração
Centenas de detalhes corroem o que sou
Preciso de um caminho, saber aonde vou

Com você eu descobri o meu melhor
Vi que havia muito mais ao meu redor
Sem você há um vazio bem maior
Onde perco o rumo numa estrada bem pior

Fui preso numa roda gigante
Que insiste em rodar
Me consumindo a todo instante
Preciso me libertar

Composição: Eduardo Faro
Enviada por Antônio. Legendado por Karol e Icaro. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog