The Bravery Of Being Out Of Range

Roger Waters

Original Tradução Original e tradução
The Bravery Of Being Out Of Range

You have a natural tendency
To squeeze off a shot
You're good fun at parties
You wear the right masks
You're old but you still
Like a laugh in the locker room
You can't abide change
You're at home on the range

You opened your suitcase
Behind the old workings
To show off the magnum
You deafened the canyon
A comfort a friend
Only upstaged in the end
By the uzi machine gun
Does the recoil remind you
Remind you of sex?
Old man
What the hell you gonna kill next
Old timer, who you gonna kill next

I looked over jordan
And what did I see
Saw a u.s. Marine in a pile of debris
I swam in your pools
And layunder your palm trees
I looked in the eyes of the indian
Who lay on the federal building steps

And through the range finder over the hill
I saw the front line boys
Popping their pills
Sick of the mess they find
On their desert stage
And the bravery of being out of range
Yeah the question is vexed
Old man what the hell you gonna kill next
Old timer who you gonna kill next

Hey bartender over here
Two more shots
And two more beers
Sir, turn up the tv sound
The war has started on the ground

Just love those
Laser guided bombs
They're really great
For righting wrongs
You hit the target
And win the game
From bars 3,000 miles away
3,000 Miles away

We play the game
With the bravery of being out of range
We zap and maim
With the bravery of being out of range
We strafe the train
With the bravery of being out of range
We gain terrain
With the bravery of being out of range
We play the game
With the bravery of being out of range

A Bravura de Estar Fora de Alcance

Você tem uma tendência natural
A dar um tiro
Você é uma boa diversão nas festas
Você usa as máscaras certas
Você está velho mas ainda
gosta de uma risada de vestiário
Você não aceita mudança
Você está em casa, dentro do alcance

Você abre a pasta
Por trás de velhos trabalhos
Para exibir a magnum
Você silenciou o canhão
Um conforto, um amigo
Só substituído
Pela metralhadora uzi
O coice te lembra
Lembra de sexo?
Velho
Que diabos matará em seguida?
Velho, quem matará em seguida?

Olhei o Jordão
E o que vi
um soldado dos EUA numa pilha de escombros
Nadei nas suas piscinas
E deitei sob suas palmeiras
Olhei nos olhos do Indiano
Deitado nos degraus do prédio federal

E através do posto de observação da colina
Vi os garotos da linha de frente
Tomando suas pílulas
Cansados da bagunça que encontraram
Em seu estágio no deserto
E a bravura de estar fora de alcance
Sim, a questão incomoda
Velho, que diabos matará em seguida?
Velho, quem matará em seguida?

Ei garçom, aqui
Mais duas doses
E duas cervejas
Senhor, aumente o volume da TV
A guerra começou por terra

Amo aquelas
Bombas guiadas a laser
São ótimas
Para corrigir erros
Você acerta o alvo
E vence o jogo
Nos bares, 3000 milhas de distância
3000 milhas distante

Jogamos o jogo
Com a bravura de estar fora de alcance
Nós atiramos e ferimos
Com a bravura de estar fora de alcance
Nós explodimos o trem
Com a bravura de estar fora de alcance
Conquistamos terrenos
Com a bravura de estar fora de alcance
Jogamos o jogo
Com a bravura de estar fora de alcance

Composição: Roger Waters
Enviada por Luigi e traduzida por Andrey. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog