Não É Pecado

Rodrigo Bittencourt

Não é pecado te pedir um beijo agora
Por favor vem, não demora
Correndo me beijar
Não é pecado o teu corpo colar no meu
Nem meu corpo colar no teu
Nem é difícil de encaixar
Não é pecado nosso corpo enviesado, a oste, a ostra ou cercado
Fazer é liberar
Não é pecado dá uma olhada do outro lado
Não tem certo, nem errado
Reprimir é que é pecar

Não é pecado te pedir um beijo agora
Por favor vem, não demora
Correndo me beijar
Não é pecado o teu corpo colar no meu
Nem meu corpo colar no teu
Nem é difícil de encaixar

Pecado é não valorizar
O que o olho quer querer
Quando eu olho pra você, me dá vontade de fazer
Dá vontade de entrar, pela porta adentro
Sem lenço ou documento
Sem culpa, sem tormento
Não existe argumento para me fazer parar

Pecado é não se liberar

Pecado é não valorizar
O que o olho quer querer
Quando eu olho pra você, me dá vontade de fazer
Dá vontade de entrar pela porta adentro
Sem lenço ou documento
Sem culpa, sem tormento
Não existe argumento para me fazer parar


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Rodrigo Bittencourt

Ver todas as músicas de Rodrigo Bittencourt