Poeira Pura

Roberto Ribeiro

Pó pedra pó poeira
Sou rei da pedreira
E tudo pode lá

Pó pedra consagrada
Eu sou tudo e nada
Justo nos julgar
Seja lá ou cá

Pedra poeira desceu do ar
Pousou nas águas, beijou o mar
Foi consagrado no povo santo
Banhado em óleo tornou-se encanto

Pedra sol, ré, sol, lá

Pedra poeira corre estrada
Louva as mulheres saudade amada
Gira as crianças brincando a vida
Alegra as esperanças dos sem saída

Pedra sol, ré, sol, lá

Composição: João de Aquino / Rubem Confete
Enviada por Manuel. Revisão por Manuel.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog