Resto De Esperança

Roberto Ribeiro

La la ia laia laia laia laia laia laia laia laia laia
Laia laia laia lalaia laia laiala
Ainda resta um pouco de esperança
Apesar das desavenças
Afinal
Nao sou criança
Pra que deixar acontecer
E lamentar um desabor
De sermos mais um caso de amor

Mais um caso como existe tantos por ai
Pra se machucar
So pra se ferir
Desta vez
Nao vamos nos deixar levar
Podemos superar
Com um pouco de boa vontade
Nao importa o tempo o coraçao
Nao tem idade.

Composição: Dedé Da Portela / Jorge Aragão
Enviada por Pedro. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog