Esquirlas

Roberta Sá

Original Tradução Original e tradução
Esquirlas

Yo no sé quererte a medias
A media marcha
Yo pongo el aliento en la escarcha
Vo vuelvo a intentar derretirla
Ahí va mi corazón tras la explosión
Juntando esquirlas.

Yo intenté quererte menos
Menos que totalmente
No puedo, sinceramente
Decirte que lo consiga
Crucé tu bosque una y otra vez
Dejando migas

Vaya volando esta canción
Para llegar hasta tu casa
Y que sientas
Cuando llegue la ocasión
Por una vez,
Lo que yo siento que pasa

Yo no sé quererte a medias
Tal vez tu sepas
Yo me desnudo en la estepa
Cada noche a la intemperie
Ahí va mi voz buscándote
Muerta de fiebre

Quisiera saber sortear
Este jardín de resabios
Y llegar hasta el lugar
En donde sea que tu estés
Y susurrarte a los labios

Lascas

Eu não sei te amar pela metade
A meio caminho
Eu coloquei a respiração no gelo
Eu tento de novo derreter
Lá vai meu coração depois da explosão
Juntando lascas

Eu tentei te amar menos
Menos do que totalmente
Eu não posso honestamente
Dizer que consigo
Cruzei a floresta novamente e novamente
Deixando migalhas

Essa canção vai voando
Para chegar a sua casa
E você se sente
Quando chega a hora
Pela primeira vez,
O que eu sinto que acontece

Eu não sei te amar pela metade
Talvez você saiba
Eu estava nua no deserto
Todas as noites ao ar livre
Lá vai a minha voz à tua procura
Morta de febre

Gostaria de saber contornar
Este jardim de remanescentes
E chegar ao lugar
Onde quer que você esteja
E sussurrar aos lábios

Composição: Jorge Drexler
Enviada por Vinícius e traduzida por Jefferson.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Roberta Sá

Ver todas as músicas de Roberta Sá