Autorretratinho

Roberta Sá

Os dentes levemente mais à frente
Revelam meu sorriso azulejado
Emoldurado por lábios salientes
Certamente ardentes se beijados

A fronte suavemente projetada
Como nas estátuas primitivas
A testa de feição mais alongada
Como nas estirpes mais antigas

Me atenho aqui a descrever meu rosto
Que o resto só com os olhos de um pintor
Suficientemente hábil e de bom gosto
Pra retratar-me toda em toda cor

Apenas cito a mais as minhas pernas
Raramente expostas por inteiro
Qual montanhas sob neves eternas
Encobertas janeiro a janeiro

Talvez a breve referência aos dentes
E ao meu sorriso aberto azulejado
Já seja tão ou mais que o suficiente
Para explicar as fadas do meu fado

Composição: Gilberto Gil
Enviada por AM!. Revisão por Silvio.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog