Guardiani Del Destino

Rhapsody

Original Tradução Original e tradução
Guardiani Del Destino

Prodi e fieri all'ultimo sol verso il monte di Erinor
Unica via per arrivar là
Dove l'aria di morte sa
Fango, paludi?
Resti di un regno
Che da millenni paura fa
Il nero demone urla il suo odio
L'ultima guerra vuole vendicare

Fuoco di libertà
Fiamma di vecchia età
Nei loro cuori sveglia l'ardore
Contro l'oscurità
Che fu antico mal
Primordiale nella sua realtà

Un'era di sangue di oscure memorie
Rinasce in Hargor per nuovo mal
Eletti in Elgard guardiani del fato
Or sono e saranno i veri eroi

Solo le aquile osano volare lì
Oltre il picco tra ovest e nord
Hargor rivela la sua irrealtà
Che ai loro occhi svela timor
Per madre terra devono andare
Sanno che possono pure morire
La roccia è forte ma loro di più
Drago leone in animo e corpo

Monti dal manto d'oro
Scoprono verità
Mura e torri immensità
Grigia maestosità
Nera epicità
Che in te celi l'antico mal

Un'era di sangue di oscure memorie
Rinasce in Hargor per nuovo mal
Eletti in Elgard guardiani del fato
Or sono e saranno i veri eroi

Guardiões do Destino

Valentes e selvagens, ao último Sol, em direção sob monte de Erinor
Única via para chegar lá
Onde o ar da morte conhece
Lama, pântanos?
Restos de um reino
Que por milênios foi temido
O demônio negro uiva seu rancor
A última guerra para se vingar

Fogo de liberdade
Chama da velhice
Em seus corações desperta o ardor
Contra a escuridão
Que era um mal antigo
Ancestral na sua realidade

Uma era de sangue, de memórias escuras
Renasce em Hargor por um novo mal
Eleitos em Elgard guardiões do destino
Agora eles são e serão os reais heróis

Só as águias ousam voar ali
Além do pico, de oeste a norte
Hargor revela a sua irrealidade
Que aos seus olhos revela o medo
Pela Mãe-Terra devem andar
Sabendo que podem apenas morrer
A rocha é forte mas eles são mais
Dragão, leão, em corpo e alma

Montanhas do manto de ouro
Descobrimos a verdade
Imensidão de paredes e torres
Imponência cinzenta
Grandiosidade negra
Em que se esconde o antigo mal

Uma era de sangue, de memórias escuras
Renasce em Hargor por um novo mal
Eleitos em Elgard guardiões do destino
Agora eles são e serão os reais heróis

Composição: Luca Turilli / Alex Staropoli
Enviada por Silmara e traduzida por Silmara. Legendado por Charlles. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog