Me Niego (part. Wisin y Ozuna)

Reik

Original Tradução Original e tradução
Me Niego (part. Wisin y Ozuna)

Es difícil abrir mis ojos y ya no verte
Tu olor en la cama aún sigue intacto
Te he buscado en mis sueños, deseando tenerte
Y no encuentro tu rostro, por más que trato

Aún quedan tus retratos en cada rincón de la casa
Y el silencio me habla de ti
Es que sobra tanto espacio desde que no estás
Daría todo lo que hoy me queda por tenerte
Por que vuelvas

Es que me niego a perderte (a perderte)
Jamás nunca verte (nunca verte)
Me niego aceptar que lo nuestro ya se acabó
Y es que me niego a perderte, jamás nunca verte
Me niego aceptar que lo nuestro ya se acabó
Que lo nuestro ya se acabó (Ozuna)

No puedo asimilar
Que ya tú no estás, sin ti nada es igual
Sé que por el mundo no hay otra similar
¿Qué tú me hiciste que no te puedo olvidar?

Tú me quieres a tu manera
Mi mente quisiera que otra me quisiera
Mi corazón dice que por ti espera
Que por que volvieras daría lo que fuera

Pero es que tú, chica, con ese piquete
Dices que me olvidaste y en tus ojos veo que mientes
Ahora puedo decir, sufrir amor, lo que se siente
Te sacaré de mi mente y eso será de repente

Pero es que tú, chica, con ese piquete
Dices que me olvidaste y en tus ojos veo que mientes
Ahora puedo decir, sufrir amor, lo que se siente
Te sacaré de mi mente y eso será de repente

Y es que me niego a perderte, jamás nunca verte
Me niego aceptar que lo nuestro ya se acabó
Y es que me niego a perderte, jamás nunca verte
Me niego aceptar que lo nuestro ya se acabó

Me está matando la soledad
Duele saber que ya no estás
Quiero pensar
Que todo esto es mentira (que todo esto es mentira)

Y que al llamarte, contestarás
Al llegar la noche, regrasarás
Aún podemos intentarlo (W)
No te alejes de mi vida (yo sigo aquí confundido y solo)

Llorando de noche, muriendo de día, viviendo esta agonía
No puedo entender que ya no seas mía
El círculo se cierra y el dolor me entierra
¡Qué difícil es vivir en esta guerra!

Me niego (quiero estar contigo)
Aunque digas que estoy ciego
Desde que te fuiste, soy un andariego
A todo compromiso, tarde le llego, distraído
De tu foto, no me despego

Si tú eres mi vida, ¿por qué me liquidas? (Dime qué estás haciendo)
Yo no provoqué tu partida
Necesito tu olor, necesito tu calor
Necesito verte encima de mí, en ropa interior

Aún quedan tus retratos en cada rincón de la casa
Y el silencio me habla de ti
Es que sobra tanto espacio desde que no estás
Daría todo lo que hoy me queda por tenerte
Por que vuelvas

Es que me niego a perderte, jamás nunca verte
Me niego aceptar que lo nuestro ya se acabó
Es que me niego a perderte, jamás nunca verte
Me niego aceptar que lo nuestro ya se acabó
Que lo nuestro ya se acabó

Me Recuso (part. Wisin e Ozuna)

É difícil abrir meus olhos e não te ver mais
O seu cheiro na minha cama continua intacto
Te procurei nos meus sonhos, desejando estar com você
Mas não encontro o seu rosto, por mais que eu tente

Suas fotos ainda estão espalhadas pela casa
O silêncio me fala de você
Porque sobra tanto espaço desde que você foi embora
Eu daria tudo o que tenho para estar com você
Para que você volte

Eu me recuso a te perder (a te perder)
A não te ver nunca mais (nunca mais te ver)
Eu me recuso a aceitar que nossa história já acabou
E eu me recuso a te perder, a não te ver nunca mais
Eu me recuso a aceitar que nossa história já acabou
Que nossa história já acabou (Ozuna)

Não consigo assimilar
Que você não está mais aqui, nada é igual é sem você
Sei que pelo mundo não existe nenhuma parecida contigo
O que você fez comigo que não consigo te esquecer?

Você me ama do seu jeito
Minha cabeça me diz para amar outra
Mas o meu coração insiste em esperar por você
Que por você, ele faria o que fosse preciso

Mas é que você, menina, com esse gingado
Diz que me esqueceu, mas eu vejo nos seus olhos que é mentira
Agora posso dizer qual é a sensação de sofrer por amor
Vou parar de pensar em você, mas isso não será de repente

Mas é que você, menina, com esse gingado
Diz que me esqueceu, mas eu vejo nos seus olhos que é mentira
Agora posso dizer qual é a sensação de sofrer por amor
Vou parar de pensar em você, mas isso não será de repente

Eu me recuso a te perder, a não te ver nunca mais
Eu me recuso a aceitar que nossa história já acabou
E eu me recuso a te perder, a não te ver nunca mais
Eu me recuso a aceitar que nossa história já acabou

A solidão está me matando
Dói saber que você foi embora
Quero acreditar
Que tudo isto é mentira (que tudo isto é mentira)

E que ao te ligar, você vai me atender
Quando anoitecer, você voltará
Ainda podemos tentar (Wisin)
Não se afaste da minha vida (eu continuo aqui sozinho e confuso)

Chorando de noite, morrendo de dia, vivendo esta agonia
Não consigo entender que você já não seja minha
O círculo se fecha e a dor me enterra
Como é difícil viver nesta guerra!

Eu me recuso (quero ficar com você)
Mesmo que você diga que estou cego
Desde que você se foi, ando sem rumo
Chego atrasado em todos os compromissos, distraído
Não solto a sua foto

Se você é minha vida, por que está me matando assim? (Me diz o que você está fazendo)
Eu não fui a causa da sua partida
Preciso do seu cheiro, preciso do seu calor
Preciso te ver em cima de mim, só de sutiã e calcinha

Suas fotos ainda estão espalhadas pela casa
O silêncio me fala de você
Porque sobra tanto espaço desde que você foi embora
Eu daria tudo o que tenho para estar com você
Para que você volte

Eu me recuso a te perder, a não te ver nunca mais
Eu me recuso a aceitar que nossa história já acabou
E eu me recuso a te perder, a não te ver nunca mais
Eu me recuso a aceitar que nossa história já acabou
Que nossa história já acabou

Composição: Christian Linares / Gilberto Marín / Ozuna / Jesus Navarro / Wisin / Julio Ramirez / Marcos Ramirez / Vicente Saavedra / Victor Torres
Enviada por Fabiélio e traduzida por Jenny. Legendado por Caio. Revisões por 7 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog