Eu Não Mudo

Raquel Silva

Filho, Eu já te vi, sei como estás
A palavra Eu não mudo o que Eu falei, acontecerá
E, porque entristece o teu coração?
Se a vitória é certa, passa o vento e chuva
Mas chega o verão

Quando Abraão clamou no altar Eu respondi
Quando Daniel entrou na cova lá cheguei
Quando os três jovens entraram no fogo lá desci
Quando José foi vendido encontrei

Quando Josafá me invocou entrei na guerra
Quando Mardoqueu foi humilhado, Eu defendi
Quando Josué estava lutando o Sol parou
Quando Israel se viu aflito Eu ouvi

Eu não mudo, Eu não mudo
Eu não mudo, filho nunca mudei

Eu não mudo, Eu não mudo
Porque choras assim?
Olha para mim, Eu não mudo

Quantas vezes tua alma, quer desesperar?
Dizendo: O tempo da minha vitória nunca virá
Cada tempo que passa, a tua alma chora
Tentando vencer, mas Deus manda dizer
Sou o dono da glória

Quando Abraão clamou no altar Eu respondi
Quando Daniel entrou na cova lá cheguei
Quando os três jovens entraram no fogo lá desci
Quando José foi vendido encontrei

Quando Josafá me invocou entrei na guerra
Quando Mardoqueu foi humilhado, Eu defendi
Quando Josué estava lutando o Sol parou
Quando Israel se viu aflito Eu ouvi

Eu não mudo, Eu não mudo
Eu não mudo, filho nunca mudei

Eu não mudo, Eu não mudo
Porque choras assim?
Olha para mim, Eu não mudo

É chegado o momento, vou te responder
Todo este silêncio do tempo de prova, vai resplandecer
Marque a hora, e minutos também
Meu relógio não para, e na hora marcada, tua vitória vem

Quando Abraão clamou no altar Eu respondi
Quando Daniel entrou na cova lá cheguei
Quando os três jovens entraram no fogo lá desci
Quando José foi vendido encontrei

Quando Josafá me invocou entrei na guerra
Quando Mardoqueu foi humilhado, Eu defendi
Quando Josué estava lutando o Sol parou
Quando Israel se viu aflito Eu ouvi

Eu não mudo, Eu não mudo
Eu não mudo, filho eu nunca mudei

Eu não mudo, Eu não mudo
Porque choras assim?
Olha para mim, Eu não mudo

Eu não mudo, Eu não mudo
Eu não mudo, filho eu nunca mudei

Eu não mudo, Eu não mudo
É só glorificar que a vitória virá, Eu não mudo
É só glorificar que a vitória virá o meu nome
É sempre, é sempre, é sempre, sempre será

Composição: Raquel Silva
Enviada por ana. Revisões por 24 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Raquel Silva

Ver todas as músicas de Raquel Silva