Como yo te amo

Raphael

Original Tradução Original e tradução
Como yo te amo

Como yo te amo, como yo te amo
Convéncete, convéncete, nadie te amará
Como yo te amo, como yo te amo
Olvídate, olvídate, nadie te amará
Nadie te amará, nadie porqué

Yo, te amo con la fuerza de los mares
Yo, te amo con el ímpetu del viento
Yo, te amo en la distancia y en el tiempo
Yo, te amo con mi alma y con mi carne
Yo, te amo como el niño a su mañana
Yo, te amo como el hombre a su recuerdo
Yo, te amo a puro grito y en silencio
Yo, te amo de una forma sobrehumana
Yo, te amo en la alegría y en el llanto
Yo, te amo en el peligro y en la calma
Yo, te amo cuando gritas cuando callas
Yo, te amo tanto, yo, te amo tanto
Yo

Como yo te amo, como yo te amo
Convéncete, convéncete, nadie te amará
Que como yo te amo, como yo te amo
Olvídate, olvídate, nadie te amará
Nadie te amará, nadie porqué

Yo, te amo con la fuerza de los mares
Yo, te amo con el ímpetu del viento
Yo, te amo en la distancia y en el tiempo
Yo, te amo con mi alma y con mi carne
Yo, te amo como el niño a su mañana
Yo, te amo como el hombre a su recuerdo
Yo, te amo a puro grito y en silencio
Yo, te amo de una forma sobrehumana
Yo, te amo en la alegría y en el llanto
Yo, te amo en el peligro y en la calma
Yo, te amo cuando gritas cuando callas
Yo, te amo tanto, yo, te amo tanto
Yo

Yo, te amo con la fuerza de los mares
Yo, te amo con el ímpetu del viento
Yo, te amo en la distancia y en el tiempo
Yo, te amo con mi alma y con mi carne
Yo, te amo como el niño a su mañana
Yo, te amo como el hombre a su recuerdo
Yo, te amo a puro grito y en silencio
Yo, te amo de una forma sobrehumana
Yo, te amo en la alegría y en el llanto
Yo, te amo en el peligro

Como eu te amo

Como eu te amo, como eu te amo
Convença-se, convença-se, ninguém te amará
Como eu te amo, como eu te amo
Esqueça-se, esqueça-se, ninguém te amará
Ninguém te amará, ninguém porque

Eu, te amo com a força dos mares
Eu, te amo com o ímpeto do vento
Eu, te amo na distância e no tempo
Eu, te amo com a minha alma e minha carne
Eu, te amo como uma criança a seu amanhã
Eu, te amo como o homem à sua lembrança
Eu, te amo no puro grito e no silêncio
Eu, te amo de uma forma sobre-humana
Eu, te amo na alegria e no pranto
Eu, te amo no perigo e na calma
Eu, te amo quando gritas e quando te calas
Eu, te amo tanto, eu, te amo tanto
Eu

Como eu te amo, como eu te amo
Convença-se, convença-se, ninguém te amará
Como eu te amo, como eu te amo
Esqueça-se, esqueça-se, ninguém te amará
Ninguém te amará, ninguém porque

Eu, te amo com a força dos mares
Eu, te amo com o ímpeto do vento
Eu, te amo na distância e no tempo
Eu, te amo com a minha alma e minha carne
Eu, te amo como uma criança a seu amanhã
Eu, te amo como o homem à sua lembrança
Eu, te amo no puro grito e no silêncio
Eu, te amo de uma forma sobre-humana
Eu, te amo na alegria e no pranto
Eu, te amo no perigo e na calma
Eu, te amo quando gritas e quando te calas
Eu, te amo tanto, eu, te amo tanto
Eu

Eu, te amo com a força dos mares
Eu, te amo com o ímpeto do vento
Eu, te amo na distância e no tempo
Eu, te amo com a minha alma e minha carne
Eu, te amo como uma criança a seu amanhã
Eu, te amo como o homem à sua lembrança
Eu, te amo no puro grito e no silêncio
Eu, te amo de uma forma sobre-humana
Eu, te amo na alegria e no pranto
Eu, te amo no perigo

Composição: Ana Magdalena
Enviada por José e traduzida por luis. Revisão por Matilde.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Raphael

Ver todas as músicas de Raphael