Akali: A Assassina Renegada

Prometheus

Não importa quantas regras quebrar
Não vou aceitar
Meu mestre não vai mais me parar
Sozinha vou lutar!

Tudo o que está a acontecer
Alguém deve deter
Pois Ionia não vai sofrer
Estou aqui pra defender

Por mais que sozinha ela está
Sua estrada trilhará, protegendo Ionia
Quem sabe se um dia voltará?
Isso, com o tempo, só ela é quem dirá

Por mais que ela foi desobediente
Akali estava descontente, impaciente
E queria com tudo aquilo acabar
Libertar seu povo da guerra!

De sua adaga não conseguirá desviar
Em sua investida, uma Shuriken vai atirar
A assassina na luta irá te marcar
E te acertar, em você avança, pois sua Execução é Perfeita

Akali agora é uma Assassina Renegada
Abandonou Kinkou e o título de Punho das Sombras
É uma arma mortal, o que seu povo precisava
Sozinha ela precisa em Ionia segurar as pontas

Proteção do Crepúsculo sua energia restaura
Enquanto se esconde em uma nuvem de fumaça
Suas técnicas de luta a ninguém se compara
Pois, com anos de treino, confiança ela exala

Batendo e correndo, ataca recuando às sombras
Derruba qualquer inimigo, nada mais lhe assombra
Na sua terra, o povo em paz busca viver
Enquanto alguém atacar, ela está aqui pra defender

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Prometheus

Ver todas as músicas de Prometheus