Imensidão

PrimeiraMente

[Gali]
Ajuda na letra, empresta a caneta que a minha já acabou
Fechou, fechado com o certo e errado
Segue de perto eu acerto sem nem mirar!
Cuidado com o que cê faz, destino é capaz
De tirar sua paz ele não gosta de avisar!

Na noite fria, o vento assovia, mundão desafia
Via de uma mão só é a que te leva a salvação
Sensação de atraso faz você ver o que antes não via
E agora corre atrás pra não ter vivido sua vida em vão

Eu, duvido que você duvida de mim mais do que eu duvido de você
Cada derrota que brota na vida só aumenta vontade de vencer
Liricamente eu expresso o que penso, pensamento é tenso
Mundão engole, quem da mole e olhe que o infinito é imenso, tio

[Raillow]
Mundão imenso, e o que vejo é tenso
Na neurose, a cada dose, ouvindo vozes nesse silêncio
E pra nóis, eu vejo poucas colaborações
Mas fazemos bem mais do que quem tem bem mais condições

E o que gera ação, de gerações, e a reação, gera reações
É a duvida de se viver, e não entender essas interrogações!
É fugir da dor e da ilusão do amor, e virar predador no meio de leões
Não vou ser traidor, com quem me aceitou
Vou tocar o terror, fugindo dos padrões

E eu vou seguir por mim, sem essa de terço na mão
Enquanto uns acordam pra realidade, outros hibernam no berço da ilusão
Soltando a voz, praticando o nós, pra ir atrás da meta!
Abraçar a causa antes que ela te abrace e cause sua queda

E a realidade é o pai que foge e a ilusão pega pra criar
Te aprisiona dentro de algum vicio e deixa bem difícil de tu voltar
Vida é ingrata te da vários tapa, pra depois questionar
É saber correr, parar e perceber, que pra você viver, basta acordar!

[Leal]
A mente não mente, quando cria a composição
Que decompõe, tudo que se compõe de mera ilusão
Primeiramente é realidade, antes de tudo
E nesse caminho, que não estou sozinho
Espada no espinho é só meu escudo

SP sente o baque, já que é ataque contra defesa
Aqui leão que é vacilão é rapidão pra virar presa
E eu vejo uma multidão, se perdendo nessa escuridão
É que a luz no fim do túnel é só um lóck na contra mão.

Então, eu logo me afasto, pensamento ta vasto
De perguntas que questionam: Por que o mundo é tão nefasto?
E a vida é assim, quer você goste ou não goste
E o povo ta tão cego que só enxerga a luz no poste

Aposte em tudo que você quiser
Só toma cuidado, pra não ser enganado e ter engatado a sua marcha ré
Já tamo no plano mano, e nós não vamos pra fracassar
Pois pra morrer basta ta vivo, esperança não é só esperar

Composição: Gali / Leal / Raillow
Enviada por hemp. Legendado por brunno. Revisão por Lucas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de PrimeiraMente

Ver todas as músicas de PrimeiraMente