Aprecia Lo Que Tienes

Porta

Original Tradução Original e tradução
Aprecia Lo Que Tienes

Aprecia lo que tienes
Antes de que sea tarde
Porque sé que el tiempo escapa
Y hasta es capaz de olvidarte
Puede que pierdas algo
Que te quieres por orgullo
Algo que ahora ya no es de nadie
Pero que antes era tuyo
Y todo puedes perder solo
Por una estupidez

Y tu tormento pensará en aquella vez
En un tal vez
En que
Por una tontería
Se fue a tomar por culo
Aquello que tú más querías
Guarda un parecido
Al comportamiento de los niños pequeños
Como cuando por el hecho
De quitarle un juguete quiere tenerlo
Y se da cuenta

De lo que eso significa
Perder y retroceder
Se escriben en la misma línea
Hay que valorar cada detalle
Por muy pequeño que sea
Aprovecha el tiempo bien
E intenta evitar las peleas

A veces por miedo a una pérdida
La gente cambia
Pero no sirve de nada
Cuando un recuerdo se va
Y entonces vives muerto
Con la conciencia vacía
Ya es tarde para intentar
Creer que la culpa no fue mía
Hay que pensar muy bien en todo
Antes de actuar
Arrepentirse significa tardar en rectificar

Morirá ese sentimiento
Que corría por tu sangre
Quedará libre el corazón
Que mantenías preso en tus rejas de alambre
¿Quién sabe?
Puede que lo eches de menos
Y que ya no exista cura
Tan solo un dulce veneno

No dejes escapar
Lo que puedes perder
Aprecia lo que tienes
Antes que sea tarde joder
No supiste valorar lo que tuviste
Has de saber si no hubieses hecho el idiota
Todo sería igual que ayer

No dejes escapar
Lo que puedes perder
Aprecia lo que tienes
Antes que sea tarde joder
No supiste valorar lo que tuviste
Has de saber si no hubieses hecho el idiota
Todo sería igual que ayer

Y si algún día volvieras a conseguir
Lo que perdiste
Nada sería igual
Por no valorar lo que antes tuviste
La confianza ya ni existiría
Os cansaríais con facilidad
Y la felicidad se extinguiría

Intentarías evadirte
Apoyándote en los demás
Sonreirás y a solas
Solo lágrimas derramarás
Pensarás en un principio
En que todo era tan distinto

Y lo bonito se extinguió
En el silencio de tu olvido
Ahora te preguntas el porqué (porque)
¿Por qué lo hiciste?
Dejaste escapar algo que
Ahora es lo que te hace estar triste
No te entiendes
Te arrepientes
Sientes
Que te mueres
En un intento violento
De intentar retroceder

Es el fracaso de otro libro
Escrito por un alma en pena
Que yace sola en silencio
Atada por diez mil cadenas
Te miras las venas
Pero, ¿de qué serviría?
No te aliviaría el alma
Ese acto de cobardía
Todo lo tenías, nada es lo que tienes
Por tu culpa
Lo que tú querías
Te diría que eres una

Y mueres en un lago de silencio
En un lago eterno
De lágrimas ardientes
Como el fuego del infierno
Debe ser tierno vivir
Con ese enorme dolor
Te haces polvo poco a poco
Se va la palabra amor
Pero son decisiones
Asume e intenta olvidar
A veces querer no es poder
Cuando se llega tarde

No dejes escapar
Lo que puedes perder
Aprecia lo que tienes
Antes que sea tarde joder
No supiste valorar lo que tuviste
Has de saber si no hubieses hecho el idiota
Todo sería igual que ayer

No dejes escapar
Lo que puedes perder
Aprecia lo que tienes
Antes que sea tarde joder
No supiste valorar lo que tuviste
Has de saber si no hubieses hecho el idiota
Todo sería igual que ayer

Crees que tu vida se va
Frente a tus ojos
Los recuerdos en fotos
Son solo corazones rotos
Tu cabeza está confusa
Pero pasa el tiempo
Y aprendes a cargar
El peso del remordimiento
Con el sufrimiento
De llevar un sentimiento muerto
Con el arrepentimiento
Que ocultas con esfuerzo en tu cuerpo

Pero tienes que ser fuerte (se fuerte)
Piensa
Que de los errores
Se aprende
Y que es algo que le ocurre
Alguna vez a todo el mundo
Aunque recuerda que una relación
Es cosa de dos no de uno
Conocer gente no es suficiente
Engáñate, finge
Y quieres olvidar pero
El recuerdo no se extingue

El alma ya no sirve
Sigue enfadada contigo
El corazón ya no te guía
Ya no quiere ser tu amigo
Tu cabeza está confusa
Lucha por seguir adelante
Es como un túnel de dos cruces
Sin luz cerca de tu alcance
Observas a tu ex pareja
Y ves que todo le va bien
Te da rabia aunque sonríes porque
Te alegras por ella o él
Y qué

Pensarás
Que no te daba tanto
El engañarse a uno mismo no acabará
Con tu llanto
Existe el olvido
Existe el quizá
Existe el recuerdo
Que nunca jamás tendrás
Algo que recordarás y vivirás
Con ello dentro
Tu corazón está roto
Y muertos tus sentimientos

Tu cuerpo
Se inunda de tristeza
Tus ojos
Ocultan lágrimas
Tus páginas
Están vacías
Tu cara tan blanca
Como pálida
Una sonrisa
Caída
Unas mejillas
Encharcadas
Y una expresión
Que pasa de todo o nada

No dejes escapar
Lo que puedes perder
Aprecia lo que tienes
Antes que sea tarde, joder
No supiste valorar lo que tuviste
Has de saber si no hubieses hecho el idiota
Todo sería igual que ayer

No dejes escapar
Lo que puedes perder
Aprecia lo que tienes
Antes que sea tarde, joder
No supiste valorar lo que tuviste
Has de saber si no hubieses hecho el idiota
Todo sería igual que ayer

Aprecia lo que tienes antes de que sea tarde
Antes de que se te escape, de que se marchite
Esa oportunidad, esa última esperanza
Antes de que el pasado pase página

Aprecie o que você tem

Aprecie o que você tem
Antes que seja tarde
Porque o tempo escapa
É até capaz de esquecer
Pode ser que perca algo
Que você quer com orgulho
Algo que agora não é de ninguém
Mas que antes era seu
E tudo você pode perder só
Por uma estupidez

E seu incomodo é pensar naquele tempo
Em um talvez
Em que
Por um bobagem
Se foi por por água abaixo
Aquilo que você mais queria
Guarda um parecido
Ao comportamento das crianças
Como quando
Tiram um brinquedo que ela quer
E ela percebe

O que isso significa
Perder e retroceder
São escritos na mesma linha
Valorize cada detalhe
Por mais pequeno que seja
Aproveite bem o tempo
E tente evitar brigas

Às vezes, por medo de uma perda
As pessoas mudam
Mas não adianta
Quando uma memória se vai
E então você vive morto
Com a consciência vazia
É tarde demais para tentar
Acreditando que a culpa não foi minha
Você tem que pensar muito bem em tudo
Antes de agir
Arrepender-se significa se corrigir

Morrerá este sentimento
Que corria em seu sangue
Seu coração ficará livre
Que era prisioneiro mantido na sua cercas de arame
Quem sabe?
Pode ser que se machuque menos
E já não há cura
Apenas um doce veneno

Não deixe escapar
O que pode perder
Aprecie o que você tem
Antes que seja tarde e foder
Você não soube valorizar o que tinha
Saiba que se você não tivesse feito essa idiotice
Tudo seria como ontem

Não deixe escapar
O que pode perder
Aprecie o que você tem
Antes que seja tarde e foder
Você não soube valorizar o que tinha
Saiba que se você não tivesse feito essa idiotice
Tudo seria como ontem

E se algum dia conseguir de novo
O que você perdeu
Nada seria igual
Por não ter valorizado o que antes você tinha
A confiança já não existiria
Ou se perderia com facilidade
E a felicidade se extinguiria

Você tentaria fugir
Apoiando-se nos outros
Sozinho você sorrirá
Sozinho derramará lágrimas
Pensará nó inicio
Quando tudo era tão diferente

E tudo que foi bom se extinguiu
No silêncio do seu esquecimento
Agora você quer saber porque (porque)
Por que você fez?
Deixou escapar algo que
Agora, é o que faz você triste
Não se entende
Se arrepende
Sente
Que está morrendo
Em uma tentativa violenta
De tentar voltar

É o fracasso de outro livro
Escrito por uma em pena
Que está deitada sozinha em silêncio
Amarrada por dez mil correntes
Você olha para as veias
Mas o que adiantaria?
Não aliviaria a alma
Este ato de covardia
Tudo que não tinha nada é o que tem
Por sua culpa
O que queria
Te digo que era uma

E você morre em um lago de silêncio
Em um lago eterno
Uma centena de lágrimas ardendo
Como o fogo do inferno
Deve ser bonito viver
Com essa dor enorme
Que faz de poeira gradualmente
E se vai a palavra amor
Mas são decisões
Assume e tenta esquecer
Às vezes o querer não é poder
Quando se chega tarde

Não deixe escapar
O que pode perder
Aprecie o que você tem
Antes que seja tarde e foder
Você não soube valorizar o que tinha
Saiba que se você não tivesse feito essa idiotice
Tudo seria como ontem

Não deixe escapar
O que pode perder
Aprecie o que você tem
Antes que seja tarde e foder
Você não soube valorizar o que tinha
Saiba que se você não tivesse feito essa idiotice
Tudo seria como ontem

Você acha que sua vida está indo
Diante dos seus olhos
As lembranças em fotos
São apenas corações quebrados
Sua cabeça está confusa
Mas o tempo passa
E você aprende a carregar
O peso do remorso
Com o sofrimento
De levar um sentimento morto
Com o arrependimento
Você se esconde com esforço no seu corpo

Mas você tem que ser forte (ser forte)
Pense
Que é dos erros
Que se aprende
Isso é algo que acontece
Alguma vez a todos
Apesar de lembrar que um relacionamento
É um coisa de 2 não de 1
Conhecer alguém não é suficiente
Se engane e finja
E você quer esquecer, mas
A memória não se apaga

A sua alma não funciona
E segue irritada com você
O coração deixou de te guiar
E não quer mais ser seu amigo
Sua cabeça está confusa
Luta para chegar à frente
É como um túnel de dois cruzamentos
Sem luz perto de você
Você vê sua ex
E você vê que tudo vai bem
Você odeia mas sorri porque
Fica feliz por ela ou ele
E o que

Pensará
Que não dava tanto
O autoengano não vai acabar
Com suas lágrimas
Não existe o esquecimento
Não há talvez
Há a memória
Que nunca se apagará
Algo que você lembrará e viverá
Com ele por dentro
Seu coração está quebrado
E seus sentimentos estão mortos

Seu corpo
Está cheio de tristeza
Seus olhos
Escondem as lágrimas
Suas páginas
Estão vazias
Seu rosto tão branco
E pálido
Um sorriso
Caído
Suas bochechas
Encharcadas
E uma expressão
Que passa de tudo a nada

Não deixe escapar
O que pode perder
Aprecie o que você tem
Antes que seja tarde e foder
Você não soube valorizar o que tinha
Saiba que se você não tivesse feito essa idiotice
Tudo seria como ontem

Não deixe escapar
O que pode perder
Aprecie o que você tem
Antes que seja tarde e foder
Você não soube valorizar o que tinha
Saiba que se você não tivesse feito essa idiotice
Tudo seria como ontem

Aprecie o que você tem antes que seja tarde
Antes de escapar, que se murche
Essa oportunidade, essa última esperança
Antes que o passado passe a página

Composição: Porta / Soma City Ward
Enviada por danisa e traduzida por Ana. Legendado por Haruka. Revisões por 6 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog