La vie en rose

Pomplamoose

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

La vie en rose

Des yeux qui font baisser les miens,
Un rire qui se perd sur sa bouche,
Voilà le portrait sans retouche
De l'homme auquel j'appartiens...

Quand il me prend dans ses bras,
Qu'il me parle tout bas,
Je vois la vie en rose;
Il me dit des mots d'amour,
Des mots de tous les jours,
Et ça m' fait quelque chose.
Il est entré dans mon coeur,
Une part de bonheur
Dont je connais la cause,
C'est lui pour moi, moi pour lui dans la vie;
Il me l'a dit, l'a juré pour la vie;
Et dès que je l'aperçois,
Alors je sens en moi
Mon coeur qui bat.

Des nuits d'amour à plus finir,
Un grand bonheur qui prend sa place,
Les ennuis, les chagrins trépassent...
Heureux, heureux à en mourir!

La vie en rose

Olhos que reduzem o meu,
Um riso que se perde em sua boca,
Este é o retrato sem retoques
Do homem ao qual eu pertenço ...

Quando ele me toma em seus braços,
Ele fala para mim suavemente:
Eu vejo a vida em cor de rosa;
Ele me diz palavras de amor,
Palavras de cada dia
E que m 'está fazendo algo.
Ele entrou em meu coração,
Uma parte da felicidade
Eu sei a causa,
Isso é tudo para mim, me para ele na vida;
Ele me disse, jurou para a vida;
E quando eu vê-lo,
Então eu me sinto em mim
Meu coração batendo.

Noites de amor que termina,
Grande felicidade que toma seu lugar,
Problemas, tristezas passam ...
Feliz, feliz a morrer!

Composição: Edith Piaf
Enviada por luiza.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog