Colors Of The Wind

Pocahontas

Original Tradução Original e tradução
Colors Of The Wind

You think I'm an ignorant savage
And you've been so many places
I guess it must be so
But still, I cannot see
If the savage one is me
How can there be so much that you don't know?
You don't know

You think you own whatever land you land on
The Earth is just a dead thing you can claim
But I know every rock and tree and creature
Has a life, has a spirit, has a name

You think the only people who are people
Are the people who look and think like you
But if you walk the footsteps of a stranger
You'll learn things you never knew you never knew

Have you ever heard the wolf cry to the blue corn Moon
Or asked the grinning bobcat why he grinned?
Can you sing with all the voices of the mountains?
Can you paint with all the colors of the wind?
Can you paint with all the colors of the wind?

Come run the hidden pine trails of the forest
Come taste the sunsweet berries of the Earth
Come roll in all the riches all around you
And for once, never wonder what they're worth

The rainstorm and the river are my brothers
The heron and the otter are my friends
And we are all connected to each other
In a circle, in a hoop that never ends

How high does the sycamore grow?
If you cut it down, then you'll never know
And you'll never hear the wolf cry to the blue corn Moon

For whether we are white or copper skinned
We need to sing with all the voices of the mountains
We need to paint with all the colors of the wind

You can own the Earth and still
All you'll own is earth until
You can paint with all the colors of the wind

Cores do Vento

Você pensa que eu sou uma selvagem ignorante
E você esteve em tantos lugares
Então acho que deve ser verdade
Mas ainda assim, não consigo entender
Se eu sou a selvagem
Como pode existir tanto que você não entende?
Você não entende

Você pensa que é dono de toda terra que pisa
Que a Terra é só uma coisa morta a ser clamada
Mas eu sei que cada rocha, árvore e criatura
Tem uma vida, tem um espírito, tem um nome

Você pensa que as únicas pessoas que são pessoas
São as que se parecem e pensam que nem você
Mas se você seguir as pegadas de um estranho
Aprenderá coisas que nem sabia que não sabia

Já ouviu um lobo uivando pra a Lua azul?
Ou perguntou pro lince porque ele sorri?
É capaz de cantar com as vozes das montanhas?
Você consegue pintar com todas as cores do vento?
Você consegue pintar com todas as cores do vento?

Venha correr pelas trilhas escondidas da floresta
Venha provar as frutas doces da terra
Venha rolar em meio a tanta riqueza
E, só dessa vez, não calcular o seu valor

A tempestade e o rio são meus irmãos
A garça e a lontra são meus amigos
E nós todos somos ligados uns aos outros
Em um círculo, em um arco que nunca termina

Até onde crescerá essa árvore?
Se você a cortar, nunca saberá
E você nunca ouvirá o lobo uivando pra a Lua azul

Porque quer sejamos brancos ou da cor do cobre
Precisamos cantar com todas as vozes das montanhas
Precisamos pintar com todas as cores do vento

Você pode conquistar toda a Terra
E ainda assim, tudo que você terá é somente terra
Até que você aprenda a pintar com todas as cores do vento

Composição: Alan Menken / Stephen Schwartz
Enviada por Talita e traduzida por Marina. Legendado por Ana. Revisões por 10 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog