Vai Antonio

P.O. Box

Antonio um jovem moço do interior
Trabalhava na roça de Seu Anestor
Um jovem muito bom, prestativo e trabalhador
E o povo gritava e dizia: "vai Antonio, vai Antonio..."

Um dia bem cedinho ele foi trabalhar
Antonio e sua enxada puseram-se a capinar
Uma jovem muito bela e formosa se aproximou
E o povo gritava e dizia: "vai Antonio..."

Tereza, filha unica de Seu Anestor
Estudou em cidade grande e voltou pro interior
O pai prometera a filha a um doutor
E o povo gritava e dizia: "vai Antonio..."

Tereza e Antonio escondidos se encontravam
Debaixo de sol ou chuva nao se importavam
Tereza usava um vestido decotado
E o povo gritava: "vai Antonio..."

O pai de Tereza, esperto e desconfiado
Obsevava e seguia a filha por todo lado
O velho irritado gritava: "vai ter homem capado."
E o povo gritava e dizia: "vai Antonio..."

Antonio decidiu enfrentar Seu Anestor
A jovem Tereza na hora não acreditou
Mas o que Antonio e Tereza não esperavam
que o jovem Antonio o velho admirava
A jovem tereza na hora nao acreditou
Que o seu casamento o pai abençoou

Composição: Nelson Araujo
Enviada por MARIA. Revisão por Carol.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de P.O. Box

Ver todas as músicas de P.O. Box