Letras de músicas - Letras.mus.br

My Jolly Sailor Bold

Piratas do Caribe

My Jolly Sailor Bold

Upon one summer's morning
I carefully did stray
Down by the Walls of Wapping
Where I met a sailor guy.

Conversing with a young lass
Who seem'd to be in pain,
Saying, William, when you go
I fear you'll ne'er return again.

My heart is pierced by Cupid
I disdain all glittering gold
There is nothing can console me
But my jolly sailor bold.

His hair it hangs in ringlets
His eyes as black as coal
My happiness attend him
Wherever he may go.

From Tower Hill to Blackwall
I'll wander, weep and moan
All for my jolly sailor
Until he sails home.

My heart is pierced by Cupid
I disdain all glittering gold
There is nothing can console me
But my jolly sailor bold.

My father is a merchant
The truth I now will tell
And in great London City
In opulence doth dwell.

His fortune doth exceed
300,000 gold
And he frowns upon his daughter
Who loves a sailor bold.

A fig for his riches
His merchandise and gold
True love has grafted my heart
Give me my sailor bold.

My heart is pierced by Cupid
I disdain all glittering gold
There is nothing can console me
But my jolly sailor bold.

Should he return in pov'rty
From o'er the ocean far
To my tender bosom
I'll press my jolly tar.

My sailor is as smiling
As the pleasant month of May
And often we have wandered
Through Ratcliffe Highway

Many a pretty blooming
Young girl we did behold
Reclining on the bosom
Of her jolly sailor bold.

My heart is pierced by Cupid
I disdain all glittering gold
There is nothing can console me
But my jolly sailor bold.

My name it is Maria
A merchant's daughter fair
And I have left my parents
And three thousand pounds a year

Come all you pretty fair maids
Whoever you may be
Who love a jolly sailor
That plows the raging sea

While up aloft in storm
From me his absence mourn
And firmly pray arrive the day
He's never more to roam.

My heart is pierced by Cupid
I disdain all glittering gold
There is nothing can console me
But my jolly sailor bold.

My heart is pierced by Cupid
I disdain all glittering gold
There is nothing can console me
But my jolly sailor bold.

Meu Marinheiro Alegre e Corajoso

Após uma manhã de verão
Eu cuidadosamente me perdi
De baixo das paredes de Wapping
Onde eu conheci um garoto marinheiro

Conversando com uma moça jovem
Que parecia sentir de dor,
Dizendo, William, quando você vai
Eu temo que você nunca vai voltar.

Meu coração é perfurado pelo Cupido
Eu desprezo todo o ouro brilhante
Não há nada pode me consolar
Mas meu marinheiro alegre e bom.

Seu cabelo pendura em cachos
Seus olhos tão negros como carvão
Minha felicidade atende a ele
Onde quer que ele vá.

De Tower Hill para Blackwall
Eu vou passear, chorar e gemer
Tudo para meu marinheiro alegre
Até ele navegar para casa.

Meu coração é perfurado pelo Cupido
Eu desprezo todo o ouro brilhante
Não há nada pode me consolar
Mas meu marinheiro alegre e bom.

Meu pai é um comerciante
A verdade eu agora vou dizer
E na grande cidade de Londres
Em opulência habita.

Sua fortuna excede
300.000 de ouros
E ele franze a testa em cima de sua filha
Que ama um corajoso marinheiro.

Um figo de suas riquezas
Sua mercadoria e ouro
O verdadeiro amor tem corrompido meu coração
Dá-me o meu alegre marinheiro.

Meu coração é perfurado pelo Cupido
Eu desprezo todo o ouro brilhante
Não há nada pode me consolar
Mas meu marinheiro alegre e bom.

Ele deve retornar na pobreza
De um oceano longe
Para meu seio concurso
Vou pressionar meu amuleto alegre.

Meu marinheiro é tão sorridente
Como o mês de maio agradável
E muitas vezes temos vagado
Através da Rodovia Ratcliffe

Muitas florescendo
Jovem fizemos eis
Reclinada no peito
De seu ousado marinheiro alegre.

Meu coração é perfurado pelo Cupido
Eu desprezo todo o ouro brilhante
Não há nada pode me consolar
Mas meu marinheiro alegre e bom.

Meu nome é Maria
A filha de um comerciante de feira
E eu deixei meus pais
E três mil libras por ano

Venham todos os empregados da feira
Quem quer que você pode ser
Que ama um marinheiro alegre
Que devasta o mar revolto

Enquanto o alto na tempestade
De mim a sua ausência lamento
E firmemente orar para chegar o dia
Ele nunca mais irá vagar

Meu coração é perfurado pelo Cupido
Eu desprezo todo o ouro brilhante
Não há nada pode me consolar
Mas meu marinheiro alegre e bom.

Meu coração é perfurado pelo Cupido
Eu desprezo todo o ouro brilhante
Não há nada pode me consolar
Mas meu marinheiro alegre e bom.

Enviada por Victor, Traduzida por Joana, Legendado por Rafaela