Eu Não Vou Me Calar

PG

Eu não vou me calar e ver
O sangue inocente por minhas mãos escorrer
Deus me ensinou e eu não saio da cena
Sem dizer a verdade para a humanidade

Aquele que sabe o que deve fazer
E não o faz, está pecando
E não será visto como inocente
No dia do juízo do Deus criador

Minha música não foi feita só pra te fazer pular
A verdade será dita pra mim e pra você
Goste o nosso ego ou não

Reuniões, rituais... Idólatras da própria ganância mental
Sufocam e confundem as ovelhas do Pai
Não pregam o Sangue do Cordeiro Imortal

Movimentos e discursos já não me empolgam
Quando a verdade vem só da boca pra fora
Na mídia dos tempos modernos nos declaramos:
Teólogos, profetas, doutores, quase Deus
Mas a verdade é que quem salva
Não somos nem você e eu

Reuniões, rituais... Idólatras da própria ganância mental
Sufocam e confundem as ovelhas do Pai
Não pregam o Sangue do Cordeiro Imortal
Enquanto houver vida há perdão
Veja Jesus em seu próprio sermão
E volte os teus olhos pra Deus
Que um dia tocou este seu coração

Todo olho verá e toda língua confessará
Que só Jesus Cristo é o Senhor
Ele vai voltar!

Composição: Pedro Geraldo
Enviada por Gleice. Legendado por Matheus. Revisão por Eric.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de PG

Ver todas as músicas de PG