O Amigo do Rei

Pery Ribeiro

Meus sonhos sei de cor, neles não sou quem sou
Eu durmo na pior e acordo embaixador
E tenho o que não tenho
E sei o que não sei
O verdadeiro amigo do rei

Dou sorte no cassino, depois eu vou
Dançar um tango argentino com meu novo amor
Fugimos rumo a Roma e num vapor

Eu tenho uma cabeça louca, louca
Gosto mesmo é de sonhar
E acho a realidade triste e pouca
Meu trabalho é inventar

Há quem vive sem lembrança
Com dinheiro e segurança
Debochando de quem enlouqueceu
Esse não entende nada, dentro da noite fechada
Não é muito mais feliz que eu

Dou sorte no cassino, depois eu vou
Dançar um tango argentino com meu novo amor
Fugimos rumo a Roma e num vapor

Eu tenho uma cabeça louca, louca
Gosto mesmo é de sonhar
E acho a realidade triste e pouca
Meu trabalho é inventar

Há quem vive sem lembrança
Com dinheiro e segurança
Debochando de quem enlouqueceu
Esse não entende nada, dentro da noite fechada

Composição: Autores..Aldir Balnc X Moacir Luz
Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog