O Patrão Nosso de Cada Dia

Paulo Netto

Eu quero o amor da flor de cactus ela não quis
Eu dei-lhe a flor de minha vida, vivo agitado
Eu já não sei se sei de tudo ou quase tudo
Eu só sei de mim de nós de todo o mundo
Eu vivo preso a sua senha sou enganado
Eu solto o ar no fim do dia perdi a vida
Eu já não sei se sei de nada ou quase nada
Eu só sei de mim, só sei de mim, só sei de mim...

Patrão nosso de cada dia
Dia após dia

Composição: João Ricardo
Enviada por Náira.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog