Plan A

Paulo Londra

Original Tradução Original e tradução
Plan A

Quiero saber qué soy para ti
Porque siempre que nos vemos
Se me olvida decir

Que ando muy confundido
Tus besos son más fríos
Y empiezo a creer
Que soy uno más de tus amigos

Ando siempre en la nada
Se hace de noche y no llama
Me dice mejor mañana
Que ya tiene otros planes

Y yo esperaba ser el primero
Tu plan A, no el tercero
Pero estamos lejos
De sentir lo mismo, es siempre lo mismo

Esperaba ser el primero
Tu plan A, no el tercero
Pero estamos lejos
De sentir lo mismo, es siempre lo mismo

Esperaba, por lo menos
Una indicación para ver cómo hacemos
Si debo de mantenerme cerca o más lejos
Porque ahora besas rápido y antes era lento

Ya no le entiendo
Estoy que me pierdo
En esas noches cuando fumo y bebo'
Parece que soy un zombi, ando medio muerto
Pasa que intento entenderte

Y no te entiendo
Cuál es mi puesto
Si voy primero
O voy tercero

No te entiendo
Cuál es mi puesto
Si voy primero
O voy tercero

Ando muy confundido
Tus besos son más fríos
Y empiezo a creer
Que soy uno más de tus amigos

Ando siempre en la nada
Se hace de noche y no llama
Me dice mejor mañana
Que ya tiene otros planes

Y yo esperaba ser el primero
Tu plan A, no el tercero
Pero estamos lejos
De sentir lo mismo, es siempre lo mismo

Esperaba ser el primero
Tu plan A, no el tercero
Pero estamos lejos
De sentir lo mismo, es siempre lo mismo

(Es siempre lo mismo)
(Es siempre lo mismo)
(Es siempre lo mismo)
(Es siempre lo mismo)

Quiero saber qué soy para ti
Porque siempre que nos vemos
Se me olvida decir

Plano A

Quero saber o que eu significo para você
Porque sempre que a gente se vê
Acabo esquecendo de dizer

Que ando muito confuso
Seus beijos estão mais frios
E estou começando a acreditar
Que sou só mais um amigo seu

Ando sempre sem saber o que fazer
Fica de noite e não liga
Diz que é melhor deixar para amanhã
Que já tem outros planos

E eu esperava ser o primeiro
O seu plano A, não o terceiro
Mas estamos longe
De sentir a mesma coisa, é sempre a mesma coisa

Eu esperava ser o primeiro
O seu plano A, não o terceiro
Mas estamos longe
De sentir a mesma coisa, é sempre a mesma coisa

Eu esperava, pelo menos
Uma pista para saber o que podemos fazer
Se devo me manter por perto ou ficar longe
Porque agora você beija rápido e antes era lento

Não entendo mais isso
Estou me sentindo perdido
Nessas noites quando fumo e bebo
Parece que eu sou um zumbi, ando meio morto
Pois fico tentando te entender

E eu não te entendo
Qual é a minha posição
Se fico em primeiro
Ou fico em terceiro

Eu não te entendo
Qual é a minha posição
Se fico em primeiro
Ou fico em terceiro

Ando muito confuso
Seus beijos estão mais frios
E estou começando a acreditar
Que sou só mais um amigo seu

Ando sempre sem saber o que fazer
Fica de noite e não liga
Diz que é melhor deixar para amanhã
Que já tem outros planos

E eu esperava ser o primeiro
O seu plano A, não o terceiro
Mas estamos longe
De sentir a mesma coisa, é sempre a mesma coisa

Eu esperava ser o primeiro
O seu plano A, não o terceiro
Mas estamos longe
De sentir a mesma coisa, é sempre a mesma coisa

(É sempre a mesma coisa)
(É sempre a mesma coisa)
(É sempre a mesma coisa)
(É sempre a mesma coisa)

Quero saber o que eu significo para você
Porque sempre que a gente se vê
Acabo esquecendo de dizer

Composição: Federico Javier Colazo / Federico Vindver / Matias Andres Rapacioli / Paulo Londra
Enviada por Danilo e traduzida por Gustavo. Legendado por Gustavo. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog