La Jardinera

Violeta Parra

Original Tradução Original e tradução
La Jardinera

Para olvidarme de ti
Voy a cultivar la tierra
En ella espero encontrar
Remedio para mi pena
Aquí plantaré el rosal
De las espinas más gruesas
Tendré lista la corona
Para cuando en mi te mueras

Para mi tristeza violeta azul
Clavelina roja pa' mi pasión
Y para saber si me corresponde
Deshojo un blanco manzanillón
Si me quiere mucho, poquito o nada
Tranquilo queda mi corazón

Creciendo Irán poco a poco
Los alegres pensamientos
Cuando ya estén florecidos
Irán lejos tu recuerdos
De la flor de la amapola
Seré su mejor amiga
La pondré bajo la almohada
Para dormirme tranquila

Para mi tristeza violeta azul
Clavelina roja pa' mi pasión
Y para saber si me corresponde
Deshojo un blanco manzanillón
Si me quiere mucho, poquito o nada
Tranquilo queda mi corazón

Cogollo de toronjil
Cuando me aumenten las penas
Las flores de mi jardín
Han de ser mis enfermeras
Y si acaso yo me ausento
Antes que tu te arrepientas
Heredarás estas flores
Ven a curarte con ellas

Para mí tristeza violeta azul
Clavelina roja pa' mi pasión
Y para saber si me corresponde
Deshojo un blanco manzanillón
Si me quiere mucho, poquito o nada
Tranquilo queda mi corazón

A Jardineira

Para me esquecer de você
Vou cultivar a terra
Nesta espero encontrar
Remédio para minha dor
Aqui vou plantar a roseira
Dos espinhos mais grossos
Terei pronta a coroa
Para quando em mim você morrer

Para minha tristeza violeta azul
Cravinho vermelho para minha paixão
E para saber se você me corresponde
Retiro as folhas de uma branca camomila
Se me quer muito, pouquinho ou nada
Tranquilo fica meu coração

Crescendo irá pouco a pouco
Os pensamentos alegres
Quando já estiverem floridos
Irão longe de suas lembranças
Da flor de papoula
Serei sua melhor amiga
Vou colocá-la debaixo do travesseiro
Para dormir tranquila

Para minha tristeza violeta azul
Cravinho vermelho para minha paixão
E para saber se você me corresponde
Retiro as folhas de uma branca camomila
Se me quer muito, pouquinho ou nada
Tranquilo fica meu coração

Olha de toronjil
Quando aumentarem minhas dores
As flores de meu jardim
Devem ser minhas enfermeiras
E caso de que esteja ausente
Antes que você se arrepender
Herdará essas flores
Vem para te curar com elas

Para minha tristeza violeta azul
Cravinho vermelho para minha paixão
E para saber se você me corresponde
Retiro as folhas de uma branca camomila
Se me quer muito, pouquinho ou nada
Tranquilo fica meu coração

Composição: Violeta Parra
Enviada por Lucas e traduzida por Valeria. Revisões por 6 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog