Crua

Otto

Há sempre um lado que pesa e outro lado que flutua, a tua pele é crua
Há sempre um lado que pesa e outro lado que flutua, a tua pele é crua

Dificilmente se arranca a lembrança, a lembrança, a lembrança, a lembrança
Por isso na primeira vez dói, por isso não se esqueça: Dói

E ter que acreditar num caso sério e na melancolia que dizia
Mas naquela noite que eu chamei, você fodia, fodia
Mas naquela noite que eu chamei, você fodia de noite e de dia

Há sempre um lado que pesa e outro lado que flutua, a tua pele é crua, é crua
Há sempre um lado que pesa e outro lado que flutua, a tua pele é crua, é crua

Dificilmente se arranca a lembrança, a lembrança, a lembrança, a lembrança
Por isso na primeira vez dói, por isso não se esqueça: Dói

E ter que acreditar num caso sério e na melancolia que dizia
Mas naquela noite que eu chamei, você fodia de noite e de dia
Mas naquela noite que eu chamei, você fodia, fodia

Enviada por Ronald. Legendado por Oscar. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Otto

Ver todas as músicas de Otto