LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Atrevido

Orishas

Atrevido

Eso te pasó por no saber que todo tiene su precio atrevido
Eso te passó, atrevido
Eso te pasó por no saber que todo tiene su precio atrevido
Eso te passó por nao saber, atrevido

Hey, nah, nah
Comenzarè yo relatarles esta historia y nos es de hadas
Leyenda que contaba chulo viejo de barrio en barrio
Boca a boca, en la calzada
A los oídos del curioso rellenaba

Ah había una vez, una pareja desprovista poca vista sen dinero
Pensando atónito, tónico, crónico como vivir
Salir del negro fango que le ahogaba
Tramaban, andaban, entre besos una cámara silente
Para un estúpido tupido cliente
Que de vivo mira el punto de las daba
Estaba, andaba vigilando a la criolla de carnada

Eso te pasó por no saber que todo tiene su precio atrevido
Eso te passó, atrevido
Eso te pasó por no saber que todo tiene su precio atrevido
Eso te passó por nao saber, atrevido

Y el punto se tiró de gil
A buscarla a la guarida vida
Pasó que en la guarija mira
Era más bruta que una mula lomo arriba

Vengo yo de tal manera

Que que que esta historia echa candela
Te la voy a hacer bien breve
Para que no te me aceleres
Oíste asere, todo lo que ella pedía
el punto la complacía y escucha lo que le decía

Todo lo que le pedía
El punto se la gastaba
Oh, una linda habitación en el Cohiba
El punto se la gastaba
Hay un vestido para ella,
Hay un vestido para ella,
Una camisa pa'mi
El punto se la gastaba
Si quería ir a la playa
El punto se la gastaba
Ya la cuenta no le daba, no le daba
El punto se la gastaba
Al concierto con Orishas a vacilar
El punto se la gastaba
Un gurú

Eso te pasó por no saber que todo tiene su precio atrevido
Eso te passó, atrevido
Eso te pasó por no saber que todo tiene su precio atrevido
Eso te passó por nao saber, atrevido

Pepe al chulo le toca, toca
Poner sus botas, rotas
Rompe la puerta, loca
Tumba una copa, copas
El ruido alarma al vecindario,
Pasa muy a menudo aquí en mi barrio
Continua Pepe el legendario
Sigue a su misión, con discreción
Roba todo lo que llama la atención
Busca a su chica, pura emoción
A los consortes del bando
Pues Pepe ya salió del fango

Aunque tenga que decírtelo a la cara
No me voy a limitar
Te creíste que eras vivo,
Que mi chica te ganabas
Ahora ves, te deje sin nada
Sin chica para bailar
Ni lujo pa' impresionar
Te pasó, por no pensar
Que los demás también ganan
Y por gracias al Señor
No te rastrillé la cara

Eso te pasó por no saber que todo tiene su precio atrevido
Eso te passó, atrevido
Eso te pasó por no saber que todo tiene su precio atrevido
Eso te passó por nao saber, atrevido

Atrevido

Isso aconteceu por não saber que tudo tem seu preço atrevido
Isso aconteçeu, atrevido
Isso aconteceu por não saber que tudo tem seu preço atrevido
Isso aconteceu por não saber, atrevido

Hey, nah, nah
Começarei a relatar essa história e não é de fadas
Lenda que contava um puto velho, de bairro em bairro
Boca a boca, na calçada
Enchendo os ouvidos do curioso

Ah havia uma vez, um casal desprovido, pobre e sem dinheiro
Pensando atônico tônico, crônico como viver
Sair da lama negra que le ''enchia'', afogava
Tramavam, andavam, entre beijos em uma camara silenciosa
Para um estupido, tupido, cliente
Que vivo, olhava o ponto q se dava
Estava, andava vigiando a crioula carnuda

Isso aconteceu por não saber que tudo tem seu preço atrevido
Isso aconteçeu, atrevido
Isso aconteceu por não saber que tudo tem seu preço atrevido
Isso aconteceu por não saber, atrevido

E o pronto deitou-se com Gil
a buscar a guarida vida
Passou que na camponesa olha
Era mais bruta que uma mula morro acima

Venho eu de tal maneira

Que esta historia esclarecida (feito vela)
Te conto bem em breve
Para que não me apresses
Ouviste assim, tudo o que ela pedia
O macho (sentido de masculinidad) a complacia e escuta tudo o q lhe dizia

Tudo o que lhe pedia
O macho pagava
Ah, uma linda habitação no Cohiba
O macho pagava
há um vestido para ela
há um vestido para ela
Uma camisa pra mim
O macho pagava
se queria ir a praia
O macho pagava
e não se dava conta, não dava
O macho pagava
Ao concerto com Orishas a se divertir
O macho pagava
Um guru

Isso aconteceu por não saber que tudo tem seu preço atrevido
Isso aconteceu, atrevido
Isso aconteceu por não saber que tudo tem seu preço atrevido
Isso aconteceu por não saber, atrevido

Pepe como um cafetão pensa, pensa
Põe suas botas, rasgadas
Rompe a porta, louca
bebe um copo, copos
o barulho chama a atenção da vizinhança
passa frequentemente no meu bairro
continua Pepe o legendário
segue sua missão, com descrição
roba tudo o que chama atenção
busca sua menina, pura emoção
aos parceiros do bando
Pois pepe já saiu da "lama"

Ainda que eu tenha que te dizer na cara
não vou me limitar
acreditastes que eras vivo
que minha menina ganhavas
agora vês, te deixei sem nada
sem menina para bailar
nem luxo para impressionar
Te ocorreu por não pensar
que os demais também prosperam
y por graças ao Senhor
nao te quebrei a cara

Isso aconteceu por não saber que tudo tem seu preço atrevido
Isso aconteçeu, atrevido
Isso aconteceu por não saber que tudo tem seu preço atrevido
Isso aconteceu por não saber, atrevido

Composição: Niko Nocchi
Enviada por Viviane, Traduzida por Alessandra