The Leper Affinity

Opeth

Original Tradução Original e tradução
The Leper Affinity

We entered Winter once again
Naked, freezing from my breath
Neath the lid all limbs tucked away
This coffin is your abode from now
and onwards
Your body is mine to avail
Such a tragic sight you are
Slave under my creed
Spurring me with those tears
I am beyond death
Midst a dreaming affinity
Saving strength now, faint whispers
Come erotic communion in its splendour
Fever mirrored ghosts
Night time consolation, cross the line
Draw murder into art
Sleep inside through days
In the wake of this relief
Shivering, longing for more
Insanity at it's peak
Love me to my death
Lost are days of Spring
You sighted and let me in
Keep the beast inside
Shackled within my hide
Screaming out too late
Losing to my hate
Grew together with your skin
And paced the trails of sin
Your gaze covered with virgin snow
Rigid features
It's the shallow deeds who is to blame
Deafening shrieks pierced the night
A step from oblivion
Moving into the dim lights
Hiding within a reverie
It was worth it for the wait alone

A Afinidade Leprosa

Entramos no Inverno mais uma vez
Nu, congelando-se pela minha respiração
Sob a tampa, todos os membros foram levados
Este caixão é a sua moradia de agora
em diante
Seu corpo é meu para usar
Tamanha visão trágica você é
Escravo sob minha crença
Estimulando-me com essas lágrimas
Eu estou além da morte
Centro de uma afinidade onírica
Poupando força agora, fracos sussurros
Vêm, comunhão erótica em seu explendor
Febre, fantasmas refletidos
Consolação noturna, atravesso a linha
Desenho homicídios em arte
Durmo no interior por dias
No despertar deste consolo
Tremendo, aspirando por mais
Insanidade no seu ápice
Ame-me até a morte
Perdidos são os dias de Primavera
Você percebeu e me deixou entrar
Mantenho a besta dentro
Algemada dentro do meu esconderijo
Gritando tardiamente
Perdendo para o meu ódio
Cresceu junto com a sua pele
E caminhou as trilhas do pecado
Sua contemplação coberta por neve virgem
Rígidas feições
São os atos superficiais os culpados
Gritos agudos ensurdecedores penetraram a noite
Um passo do esquecimento
Movendo-se para dentro das luzes sombrias
Escondendo-se dentro de um devaneio
Valeu a pena a espera solitária

Composição: Mikael / Opeth
Enviada por Eduardo e traduzida por Mateus. Revisão por Vinicius.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Opeth

Ver todas as músicas de Opeth