Deliverance

Opeth

Original Tradução Original e tradução
Deliverance

Floating on mist
Crept up the caverns of my brain
Receving no warning
From nothing to a life code

Walk with me, you'll never leave
Wait to set your spirit free
Tell me how your heart's in need
As I drown you in the sea

Unwinding snares of distrust
Your wrist in my face grip
Look me in the eye, I'm clear
This is your time
Face down beneath the waterline
Gazing into the deep

From love to death
In a time span of seconds
Oblvious to regret
Pushed into belief
In liquid cellophane
Gasping for air
Mercy in my eyes
Is the shade of the night

The piercing sounds you make
Soaring higher, higher now
And once left in my wake
Your memory is nothing but the scars on me

All over now
Forgotten why I needed this
Standing down
Disappear into the obscure
Resting days
Waiting for new disease
Biding time
Looked inside insanity

It always burns within
The downward spiral never ends
When driven into sin
Your salvation's found in a sinner's deed

The devil guides the way
Tells me what to say
Pours himself inside
And snuffs the final light

Deliverance
Thrown back at me

Deliverance
Laughing at me

Libertação

Flutuando no nevoeiro
Rastejei pelas cavernas em minha mente.
Não recebendo aviso
Do nada a um código de vida.

Anda comigo, nunca me deixarás.
Espera para ver teu espírito livre.
Diga-me o que teu coração precisa
Enquanto te afogo no mar.

Colocando armadilhas de desconfiança
Teu pulso meu rosto segura
Olha-me nos olhos, sou inocente.
Esta é tua hora
Encara através do correr das águas
Contemplando a profundidade

Do amor à morte
Num intervalo de segundos.
Esquecido para se arrepender
Forçado à acreditar.
Num celofane líquido
Soluçando por ar
A misericórdia em meus olhos
É a treva da noite

Os sons penetrantes que fazes
Voam alto, mais alto agora
E uma vez deixada em meu rastro
Tua memória é não mais que as cicatrizes em mim

Tudo acabado agora
Esquecei-me porque precisei disto
Agachado
Desaparecer na escuridão
Dias de descanço
Esperando pela nova doença
Aguardando
Olhei para dentro da insanidade

Ela sempre queima interiormente
A espiral descendente nunca acaba
Quando levado ao pecado
Tua salvação se encontra nos atos de um pecador

O demônio guia o dia
Diz-me o que falar
Derrama-se para dentro
E apaga a última luz

Libertação
Jogada de volta

Libertação
Rindo de mim

Composição: Mikael
Enviada por Eduardo e traduzida por Mateus. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Opeth

Ver todas as músicas de Opeth