Eu Tive Um Sonho

Ogi

Meu pai me disse: vai cabra da peste,
Vai tentar a sorte muito longe do agreste
Tem seca no nordeste, simbora filho
Segue sua sina mas não deixa nada te tomar o brilho
Olhei meu pai, me despedi, beijei mamãe, bênção pedi
Era hora de partir, subi no caminhão segui;
Ahhh...
Nem tive tempo de chorar
Eu tinha que ter muita garra
Visualizei o que eu sonhei pra mim;

Eu tive um sonho, uma terra distante
Com paredes que eu construía
No meu sonho era assim que eu via
Eu tive um sonho, uma terra distante
Era hora de tentar meu trabalho começar
Não podia mais parar;

Maravilhado eu fiquei
Logo que aqui desembarquei
Agradeci, me ajoelhei
Glória Padim Ciço rei
Me apresentei pra trabalhar
Direto na carga pesada
Subi bondes, edifícios
Minha mão já calejava;
Ohh...
Conheci minha "filó"
Numa festa no forró
Me casei e construi o meu "mongó";

Eu tive um sonho, uma terra distante
Com paredes que eu construía
No meu sonho era assim que eu via
Eu tive um sonho, uma terra distante
Era hora de tentar meu trabalho começar
Não podia mais parar;

Tive cinco filhos
Cláudio, severina
Pedro, Marinalva e também Quirina
Criei minhas crias
Com total autonomia
Dei o pão de cada dia
Graças a força divina
Na construção civil
Me aposentei depois de anos
Felizmente como DEUS me permitiu
Vou poder dizer pros meus netinhos
Que este gigante cinza foi vovô quem construiu
Agradeço a oportunidade
Que esta cidade concedeu
Concretizei o que eu sonhei pra mim;

Eu tive um sonho, uma terra distante
Com paredes que eu construía
No meu sonho era assim que eu via
Eu tive um sonho, uma terra distante
Era hora de tentar meu trabalho começar
Não podia mais parar.

Composição: . Dario / Ogi
Enviada por Hugo. Revisão por Felipe.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Ogi

Ver todas as músicas de Ogi