Triste, Mas Não Me Queixo

O Surto

Minha vida é uma desgraça eu vou lhe contar um trecho
Cai da bicicleta e lasquei meus ovos nos eixo
E é tanta coisa ruim comigo mas eu não me queixo

Eu fui aparto a briga e levei um murro nos queixo
Entraram na minha casa e levaram meu Playstation
E é tanta coisa ruim comigo mas eu não me queixo

Já lasquei a boca numa queda de patinete
Semana passada bateram nu meu chevete
E o cara que amassou até hoje nao pagou
É triste mas eu não me queixo
É triste mas eu não me queixo
É triste mas eu não me queixo

Lascaram minha cabeça com uma pedra de "xeixo"
Torci o meu pescoço que até hoje não mexo
E é tanta coisa ruim comigo mas eu não me queixo

Sempre me trataram na família com desleixo
Não tenho mais palavras que possam rimar com eixo
E é tanta coisa ruim comigo mas eu não me queixo

Na Bahia me obrigaram a ver o show da Ivete
Depois Asa de Águia, Banda Eva e "Chicrete"
Eu nunca mais eu vou... carnaval em Salvador
É triste mas eu não me queixo
É triste mas eu não me queixo
É triste mas eu não me queixo

Enviada por bruna. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de O Surto

Ver todas as músicas de O Surto