Alumina

Nightmare

Original Tradução Original e tradução
Alumina

Nagareru toki no naka matataku Setsunateki kirameki o
Kono yo no kioku ni kizamu tame Arukitsuzukeru Dreamer

Dare ni mo mirenai yume o mite
Iranai mono wa subete suteta
Yuzurenai omoi Kono mune ni yadoshite

Mada riaru idearu no hazama ni ite
Gisei no kase ni ashi o torarete mo
Afureru shoudou osaekirenai
Tsuyoku motomeru kokoro ga aru kara

"Itsuwari" "Osore" "Kyoshoku" "Urei"
Samazama na negateibu ni
Torawareru hodo yowaku wa nai
Kodoku mo shiranu trickster

Yozora o tsukisasu biru no mure
Hoshi nado mienai sora miage
"Mayoi wa nai ka" to Jibun ni toikakeru

Kono machijuu afureru mono ni mamire
Utsutsu o nukasu you na koto wa nai
Asu e to tsunagaru michi no hate de
Kono te ni tsukamu mono o mitai kara

Mabuta o toji ishiki no umi ni ukande
Omoiegaku Risou o te ni suru sono toki o

Kagiri aru "sei" o kono yo ni uke
Kare yuku dake wa oroka ni hitoshii
Hoka no dare mo ga mochienai mono
"Jibun jishin" to iu na no kesshou e

Kireigoto o tsukitoosu koto
Itsuka makoto e kawaru
Katakuna ni shinjitsuzuketai
It's just my faith. The absolute truth

Nagareru toki no naka matataku Setsunateki kirameki o
Kono yo no kioku ni kizamu tame Arukitsuzukeru Believer

Alumina

Uma faísca momentânea cintila dentro do seu próprio tempo
Acredito que alguém possa guardar as memórias do mundo

Eu tenho um sonho que ninguém mais tem
E jogo fora tudo que não preciso
Imaginando que não posso me render a meu peito

Mesmo que eu esteja no vale entre real e ideal
E meus pés fiquem acorrentados aos sacrifícios
Meu instinto abundante não vai se reprimir
Porque eu tenho um coração que pulsa fervorosamente

"Falsidade", "medo", "vaidade", "tristeza"
Eu não quero ser tão fraco
Para ser preso por tantas coisas negativas
Sou um trapaceiro que conhece a solidão

Os muitos edifícios que perfuram o céu noturno
Eu olho para o céu e vejo as estrelas quase invisíveis
E me pergunto "não estaria eu perdido?"

Ser coberto por aqueles que transbordam pela cidade
Ou se apaixonar não acontecerá comigo
Porque no fim da estrada que liga ao amanhã
Eu quero ver algo que irá se agarrar a minha mão

Fecho meus olhos e flutuo no meu mar de consciência
No momento em que busco pelo ideal, tento descrever

Só para ser aceito por esse mundo e apodrecer
A sua longa vida parece estúpida
Vá para o que ninguém mais pode ter
O cristal conhecido como "eu mesmo"

Adentrando nessa proteção
Acabará voltando a realidade em algum momento
Eu teimo em ficar e acreditar com teimosia
Isso é apenas a minha fé, a verdade absoluta

Uma faísca momentânea cintila dentro do seu próprio tempo
Acredito que alguém possa guardar as memórias do mundo

Enviada por Kaworu. Legendado por Aye e mais 3 pessoas. Revisões por 8 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Nightmare

Ver todas as músicas de Nightmare