Força e beleza de sobra
Você é sua própria garota
Com um dom de encantar
Num simples olhar eu fui a vítima

Ô mina, agora eu quero você mais ainda
Quem mandou você beijar assim?
Quem mandou você olhar pra mim?
Ô mina, agora eu quero você mais ainda
Quem mandou você beijar assim?
Quem mandou você olhar pra mim?

Ela é do tipo que não foge do assunto
E muito menos que não anda sem disfarce
Ela é daquelas que se espalha pelo mundo
E o mundo gosta mais assim

Do seu juízo quem tem medo é o perigo
E nada importa mais que a sua liberdade
Quando abre um sorriso, ah meu Deus que paraíso
Ilumina a cidade

Ô mina, agora eu quero você mais ainda
Quem mandou você beijar assim?
Quem mandou você olhar pra mim?
Ô mina, agora eu quero você mais ainda
Quem mandou você beijar assim?
Quem mandou você olhar pra mim?

Ô mina, ô mina
Desbravando horizontes, nunca como antes
E a vida é mesmo boa pra quem sabe viver
Pra ela os outros são loucos
Não perde tempo com poucos
Ela só perde tempo vendo o Sol nascer
O Sol nascer, o Sol nascer

Ô mina, agora eu quero você mais ainda
Quem mandou você beijar assim?
Quem mandou você olhar pra mim?
Ô mina, agora eu quero você mais ainda
Quem mandou você beijar assim?
Quem mandou você olhar pra mim?

Ô mina, agora eu quero você mais ainda
Quem mandou você beijar assim?
Quem mandou você olhar pra mim?
Ô mina, agora eu quero você mais ainda
Quem mandou você beijar assim?
Quem mandou você olhar pra mim?
Ô mina

Composição: D\'NAIPES / Hateen / Neto Junqueira
Enviada por Bia. Legendado por Bia. Revisão por Bia.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Neto Junqueira

Ver todas as músicas de Neto Junqueira