Pomba da Paz

Nelson Cavaquinho

Assim como nasce uma flor
E ninguém consegue explicar
Nasce também o amor
Que não devia acabar

Eu como não sei de onde vim
E também não sei p'ra onde vou
Vivo indeciso assim
Mas vou cantando aonde estou

Sei que existe a força do mal
Habitando mil corações
Existe também o Carnaval
Me mostrando um rei de ilusões

Mas o que é bom ninguém faz
O bem ninguém quer praticar
E se existe a pomba da paz
Os homens vão matar

Composição: Guilherme de Brito / Nelson Cavaquinho
Enviada por Nelson. Revisão por Nelson.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Nelson Cavaquinho

Ver todas as músicas de Nelson Cavaquinho