Alive Again

Neal Morse

Original Tradução Original e tradução
Alive Again

You called me forth beneath the waves and wayward waters
That kind of trust I've never felt, I always wind up sinking down
Was I really dead and at the bottom of the ocean?
Stay the course, I heard you say, but all I saw was the long way down

Now I feel like I'm alive again!
Spread my arms upon the open wind
Yeah, I feel like I'm alive again!
Crashing waves like breath upon my skin

The wounded warrior has no temporary shelter
Chasing down an enemy that'll always lurk inside of me
Finally he killed what he had come to think his quarry
The man who's heart was like the sea was gone and he will never be found

Now I feel like I'm alive again!
Spread my arms upon the open wind
Yeah, I feel like I'm alive again!
Never looking back to where I've been

I can see the light burning in my soul
I can see the light, I know that I must go!

The King of Surprise and the Boredom Queen
Went out to dine at the bottom line!
Drinking blood red wine!
The Jack of all Trades and The Master of None
Set out to get back at most everyone!
It's not too late (to get free)
There's something more (you used to see)
Get back to (where you used to be!)

Fly away, lost in a place of dreaming
I wanna hide away, gone forever
Fly away far from the silent screaming
I wanna hide away, gone forever

The daughters of angst and wretched rage
Pull the sword from the stone like Al Capone
As the king of pain (goes insane)
Where the Pope of Rome (meets the Pope at home)
And the nicotine stain (goes unexplained)

Fly away, lost in a place of dreaming
I wanna hide away, where I can't remember
Fly away far from the silent screaming
I'm gonna hide away, gone forever

Locks on a box holding inside
The face in the mirror seems to disguise
The boy at the door, who I was before
Is more than I'll ever be
The sun kissed the day, I was well on my way
I'd love to just love you but I've no time today
The man that I saw, who could stand on the sea
Was more than I'd ever be

Sometimes, in the dark night of my soul
In the corner of my life, I see the man inside
Running again, the sun shining in
The boy from the sad side, no chance to win
Just walk through that door, to something much more
More than I'll ever be!
Sometimes, in the dark night of my soul
From the corner of my eye, I see the man inside
Now I find he is making my dreams alive
In the brightest of my day, I can see the man (I see the man)
I can see the man inside!

The wounded warrior with no temporary shelter
Had lost the will to stand and fight to the enemy that lives inside
Now he's on the run because the king of angel armies
Has come to bring the dead to life
And cleanse the darkness with the light
Now I feel like I'm alive again
Stretch my arms upon the open wind
Yeah, I feel I'm alive again
Never going back to where I've been

Now I can see the light burning in my soul
I can see the light, I know that I must go!
I must go!

Vivo Novamente

Você me chamou para trás em meio às ondas e águas rebeldes
Esse tipo de confiança que nunca senti, sempre acabo afundando
Eu estava realmente morto e no fundo do oceano?
Continue o curso, ouvi você dizer, mas tudo o que vi foi o longo caminho

Agora eu sinto que estou vivo novamente
Espalhe meus braços sobre o vento aberto
Sim, eu sinto que estou vivo novamente
Falhando ondas como respiração na minha pele

O guerreiro ferido não tem abrigo temporário
Perseguindo um inimigo que sempre se esconde dentro de mim
Finalmente, ele matou o que tinha pensado em sua pedreira
O homem que tinha o coração como o mar se foi e ele nunca será encontrado

Agora eu sinto que estou vivo novamente
Espalhe meus braços sobre o vento aberto
Sim, eu sinto que estou vivo novamente
Nunca olhar para trás para onde eu estive

Eu posso ver a luz queimando na minha alma
Pode ver a luz, eu sei que devo ir!

O Rei da Surpresa e a Rainha do Tédio
Saí para jantar na linha de fundo!
Bebendo sangue vinho tinto!
O Valete de Todos os Negócios e O Mestre de Nenhum
Prepare-se para voltar no máximo para todos!
Não é tarde demais (para se libertar)
Há algo mais (você costumava ver)
Volte para (onde você costumava estar!)

Voe para longe, perdido em um lugar de sonho
Eu quero me esconder, ido para sempre
Voe para longe dos gritos silenciosos
Eu quero me esconder, ido para sempre

As filhas da angústia e da raiva miserável
Puxe a espada da pedra como Al Capone
Como o rei da dor (enlouquece)
Onde o Papa de Roma (encontra o Papa em casa)
E a mancha de nicotina (fica inexplicável)

Voe para longe, perdido em um lugar de sonho
Eu quero me esconder, onde eu não consigo me lembrar
Voe para longe dos gritos silenciosos
Eu vou me esconder, ido para sempre

Fechaduras em uma caixa segurando dentro
O rosto no espelho parece disfarçar
O garoto na porta, quem eu era antes
É mais do que eu jamais serei
O Sol beijou o dia, eu estava no meu caminho
Eu adoraria amar você, mas não tenho tempo hoje
O homem que eu vi, que podia ficar no mar
Era mais do que eu jamais seria

Às vezes, na noite escura da minha alma
No canto da minha vida, eu vejo o homem dentro
Correndo novamente, o Sol brilhando
O garoto do lado triste, sem chance de ganhar
Basta passar por aquela porta, para algo muito mais
Mais do que jamais serei!
Às vezes, na noite escura da minha alma
Pelo canto do olho, vejo o homem dentro
Agora eu acho que ele está fazendo meus sonhos vivos
No mais brilhante do meu dia, eu posso ver o homem (eu vejo o homem)
Eu posso ver o homem lá dentro

O guerreiro ferido sem abrigo temporário
Tinha perdido a vontade de ficar de pé e lutar contra o inimigo que vive dentro
Agora ele está fugindo porque o rei dos exércitos anjos
Chegou para dar vida aos mortos
E limpar a escuridão com a luz
Agora sinto que estou vivo de novo
Estique meus braços ao vento aberto
Sim, sinto que estou vivo de novo
Nunca voltando para onde eu estive

Agora eu posso ver a luz queimando na minha alma
Eu posso ver a luz, eu sei que devo ir!
Eu preciso ir!

Enviada por Lucas e traduzida por Bruno. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog