Nada

Natalia Lacunza

Original Tradução Original e tradução
Nada

Todos, se están tapando los ojos
Cómo pueden no mirar
Si siento que quema por dentro
Que ya no va más hacia atrás

Sigue avanzando lento
Todos se han quedado quietos
Alguien ha parado el tiempo

Nunca debí despertar
Que alguien me saque del cuerpo
De este peso la mitad

Oigo sus voces que no dicen na'
Yo no tengo miedo, me quiero marchar
Miro sus ojos y no veo na'
Todo es mentira, ya no veo na'
Nada

No dicen na'
Yo no tengo miedo, me quiero marchar
Miro sus ojos y no veo na'
Todo es mentira, ya no veo na'
Nada

Nada

Todos, estão cobrindo os olhos
Como podem não olhar
Se eu sento que queima por dentro
Que isso não voltará atrás

Siga andando devagar
Todos ficaram parados
Alguém parou o tempo

Nunca devia ter acordado
Que alguém me tire do corpo
Deste peso a metade

Ouço suas vozes que não dizem nada
Eu não tenho medo, eu quero ir embora
Olho seus olhos e não vejo nada
Tudo é mentira, não vejo mais nada
Nada

Eles não dizem nada
Eu não tenho medo, eu quero ir embora
Olho seus olhos e não vejo nada
Tudo é mentira, não vejo mais nada
Nada

Composição: Natalia Lacunza / Mateus Magalhaes de Seabra / Rodrigo Silvério do Carmo
Enviada por Micaela e traduzida por Débora. Revisão por Débora.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog