Flashback

Natalhão

Como num sonho
A realidade me escapou por um segundo
Entrei no seu mundo
Isso mudou tudo
Como se vivesse a anos luz daqui
Bundas balançam eu tenho flashbacks
Pega o isqueiro e acende meu beck
Pede pro mano trazer aquele red
Se tudo der certo hoje vai ficar mac

Ela pergunta de onde vem a grana
Eu te pergunto sabe onde é a cama
Cantar realidade
Tirar o pé da lama
Nunca foi por fama
Nunca foi por fama

Quantos amigos entraram pro tráfico
E ainda tão vivo
Só jogador raro
Agora tudo nunca foi tão claro
Eles morde a cara
Inveja sinto no faro
Não me acompanha
Não sou Netflix
Eu fiz uma campanha
Enche o copão de whisky
A vida chama e ela insiste
Viva intensamente
O amanhã não existe

Elas jogando
é como lembrar
daquelas cenas
No meu copo
joga um 12 anos
pra valer a pena

Faço meu papo
prevalecer
Quantos amigo
já se perderam
Vários ainda
tão ai, na pista
Pra provar
Que nós ainda
Tamo no jogo

Tudo certo pra dar bom
Manda trazer mais marrom
Eu e Natalhão tacando o terror
Elas já tão tudo tirando a roupa

Eu to tega
To na boa
quer saber
se eu to lucrando
Mais do que na boca

E Eu quero ela na cama
Vivo o agora
E o amanhã que se exploda

Ela pergunta de onde vem a grana
Eu te pergunto sabe onde é a cama
Cantar realidade
Tirar o pé da lama
Nunca foi por fama
Nunca foi por fama

Quantos amigos entraram pro tráfico
E ainda tão vivo
Só jogador raro
Agora tudo nunca foi tão claro
Eles morde a cara
Inveja sinto no faro
Não me acompanha
Não sou Netflix
Eu fiz uma campanha
Enche o copão de whisky
A vida chama e ela insiste
Viva intensamente
O amanhã não existe

Composição: BigJow / Natalhão / ProdRusso / U.GOT
Enviada por Agência.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Natalhão

Ver todas as músicas de Natalhão