Nevereverland

Nano

Original Tradução Original e tradução
Nevereverland

Long ago, inside a distant memory
There is a voice that says
Do you believe a world of happy endings?
Even when the road seems long
Every breath you take will lead you closer to
A special place within
Your Neverever

Mezamete komaku wo tataki tsudzuketeru SAIREN
Kono sakebigoe wo oshikoroshite
Nani mo shirazu ni shinon dake wo tsunagitomete
Genjitsu no TORAAPU ni ochite yuku

Koukai wa shinai yo tsumiageta
Chigireteta miraizu wo nagame
Iki wo tomete sabitsuita kioku no hari
Atama'n naka guru guru mawaru yo

As I close my eyes
Nokosu ato mo naku kobosu oto mo naku iku ate mo naku
I know that this is what I want, this is what I need
Ima mo kurikaeshiteku zanzou
Kizutsuita kako no bokura wa ienai mama de
Sonna karamawari kawaranai
Hibi wa mou tozashiteikunda
So now kore wa boku ga nozonda
My Nevereverland

Samayou NAIFU no you ni tsukisasu kotoba ga
Kono kurushimi wo azawaratte
Nani mo dekizu ni furueru koe wo nomikonde
Kodoku no TORAAPU ni ochite yuku

Mayoikonda kono ashidori tsumazuite sonzaikan wo ushinatte
Namida de somatta higeki no SUTEEJI kuruoshiku
Kokoro'n naka fura fura odoru yo

As I take your hand
Kakenuketeiku kokoro no kioku iroaseteiku
I know that this is what I want, this is what I need
Asu mo kurikaeshiteku zanzou
Tobidashita hizumu sekai ga kienai mama de
Sonna karamawari kawaranai
Hibi wa mou tozashiteikunda
So now kore wa boku ga nozonda
My Nevereverland

Mezamete yume no ato no you na komorebi ga
Mabuta no urashimi wataru
Subete ga kanatta hazu da to omotte mo mata
Ochiteiku

As I close my eyes
Nokosu ato mo naku kobosu oto mo naku iku ate mo naku
I know that this is what I want, this is what I need
Ima mo kurikaeshiteku zanzou
Kizutsuita kako no bokura wa ienai mama de
Sonna karamawari kawaranai
Hibi wa mou tozashiteikunda
So now kore wa boku ga nozonda
My Nevereverland

Terra do Nunca

Há muito tempo atrás, dentro de uma memória distante
Há uma voz que diz
Você acredita em um mundo de finais felizes?
Mesmo quando o caminho parece ser longo
Cada vez que você respira vai levar você mais perto de
Um lugar especial
De sua terra do nunca

Eu acordo ao som de uma sirene batendo no meu tímpano
E eu sufoco meu grito até a morte
Sem saber o que me aguarda, me apego ao som do meu batimento cardíaco
E caio na armadilha da realidade

Não vou ter arrependimentos
Olhando para o amontoado, rasgado em pedaços, imagens do meu futuro
Pendo a respiração e a agulha enferrujada das minhas lembranças
Vai em volta e volta, dentro da minha cabeça

Quando fecho meus olhos
Não há sequer vestígios deixados atrás, sem sons que escapam, nenhum destino para se dirigir
Eu sei que isso é o que eu quero, isso é o que eu preciso
A pós-imagem que está se repetindo agora mesmo
Com nossas cicatrizes passadas deixadas sem cura
Esses dias estéril, sem mudança
Estão chegando ao fim
Então agora, isso é o que eu desejei
Minha Terra do Nunca

Palavras, palavras que perfuram como facas
Riem da minha dor
Sem poder fazer nada, eu engulo minha voz trêmula
E caio na armadilha da solidão

Estes passos que se desviaram, tropeçando e perdendo sua presença
De pé neste estágio trágico rasgado de lágrimas
Dentro do meu coração, é insana, clamando inesgotável

Enquanto eu pego sua mão
Estou escapando de tudo, e as memórias que estão no meu coração estão desaparecendo
Eu sei que este é o que eu quero, este é o que eu preciso
A pós-imagem que se repetirá amanhã também
Com este mundo retorcido em que subi, ainda em curso
Esses dias estéril, sem mudança
Estão chegando ao fim
Então agora, isso é o que eu desejei
Minha Terra do Nunca

Eu acordo, como um traço de um sonho desbotado, a luz solar vem brilhando
Penetrando para o outro lado das minhas pálpebras
E quando penso que tudo se tornou realidade
Mais uma vez, eu me vejo caindo

Quando fecho meus olhos
Não há sequer vestígios deixados atrás, sem sons que escapam, nenhum destino para se dirigir
Eu sei que este é o que eu quero, este é o que eu preciso
A pós-imagem que está se repetindo agora mesmo
Com nossas cicatrizes passadas deixadas sem cura
Esses dias estéril, sem mudança
Estão chegando ao fim
Então agora, isso é o que eu desejei
Minha terra do nunca

Composição: Nano
Enviada por camila e traduzida por Vitória. Legendado por Flávio e mais 4 pessoas. Revisões por 5 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Nano

Ver todas as músicas de Nano