2001

NaBrisa

Eu já entendi valeu, meu foco é lá na frente
Nenhuma lágrima caída foi em vão
Não vou olhar pra trás e vai ser diferente
Eu vou virar esse jogo aqui, independente se eu jogar independente
Já que desde os 13 eu me viro sozinha
Um pé na base e outro no mundo, mas nunca em cima do muro

Mãe eu juro, eu vou te dar orgulho
Eu vou virar uma lenda, é lentamente sim, mas quando fluir já era!
E eu faço minha mente, entenda que eu não sou obrigada a me vestir decente
Tu me conheceu assim amor
Indecente, tu só tá carente
Tu não me ama de verdade, para de caô!

Mano e eu só tenho 17, 17 aniversários e todo aniversário eu não via presente
Tão superficial, ou tão alto suficiente, eu sou
Uma mulher é foda pra caralho, e olha que hilário
Ver a Bey cantando no meu beat
Enquanto eu escrevo um hit em forma de biografia, fumando esse baseado
Com você eu 'tô com o espírito forte, aguento as porradas da guerra
Elas me chamam de valente, inspiração de todas elas
E as desilusões da vida eu me acalmo, acumulo, calculo
Ás vezes com pouco, as vezes com muito

Mas sempre o suficiente pra ser o motivo do assunto dessa gente
Eu já posso ver o futuro dos frutos do meu presente
Mãe, se você 'tá sentido orgulho eu quero que eles se fodam, ha que eles se fodam!
Minha gente, vocês pisaram na minha cabeça
Mas vocês se esqueceram que eu sou semente, vocês são serpente
Rastejando nesse chão sujo, nem sabe da onde eu vim
Aqui o buraco é mais profundo

Sabe, é que eu vim de baixo, mas hoje eu 'tô por cima
Eu 'tô em todos os lados, eu cresci do nada ressurgi do vento, renasci da rua
Realidade é minha, não, é que eu não sou rosa, não sou pura
Aliás menor, eu não te perguntei porra nenhuma
Vai cuidar da sua vida que da minha o senhor já cuida
E eu cresci do nada, ressurgi do vento, renasci da rua
Yeah, yeah

E eu cresci do nada, ressurgi do vento, renasci da rua
Com experiência de virgem e sinceridade de puta
Levanta a cabeça menor, vê se não pisa em falso
E a fé que anda do meu lado peneirou os falsos
Fato que eu vim de baixo, mas eu vou subir, eu vim de baixo mas eu vou subir!

Levanta a cabeça menor, vê se não pisa em falso
E a fé que anda do meu lado peneirou os falsos
Fato que eu vim de baixo, mas eu vou subir
Eu vim de baixo mas eu vou subir!
Oh oh oh
Oh oh oh
Oh oh oh


Posts relacionados

Ver mais no Blog